sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Defesa Civil interdita 21 casas e famílias são removidas após risco de desabamento, em Fortaleza

Foto Theyse Viana
Após identificar risco de desabamento em 21 casas, a Defesa Civil de Fortaleza interditou os imóveis e retirou as famílias para abrigos na madrugada desta sexta-feira (31), no bairro Moura Brasil. Conforme relatos dos próprios moradores, as fissuras nas paredes e no piso das residências apareceram desde o início das obras de construção da Linha Leste do Metrô de Fortaleza e a chuva desta sexta na capital agravou a situação. 

A chuva na capital nesta sexta-feira deixou ruas e avenidas alagadas, abriu cratera na avenida Raul Barbosa e atingiu o terminal do Aeroporto de Fortaleza. Mais de 100 municípios cearenses tiveram precipitação nas últimas 24 horas.

Alexandre Alves foi acordado às 4 horas por agentes da Defesa Civil para que desocupasse o imóvel junto com a família. "Bateram na minha porta, chamaram eu e minha tia pedindo para a gente sair. Elas foram para casa de parentes e eu estou aqui tentando tirar algumas coisas", explicou.

A reportagem visitou algumas casas no início da tarde desta sexta-feira e identificou muitas rachaduras tanto nas paredes como no piso e nas calçadas. Em muitos dos imóveis, a fissura vai do piso ao teto, dividindo a parede ao meio.

O garçom Henrique Costa disse que um barulho assustou os moradores da comunidade na madrugada e logo em seguida um alarmou soou. "Algumas pessoas afirmaram que houve uma espécie de estrondo e as casas racharam. A própria Defesa Civil veio e desocupou as casas colocando os documentos de interdição nas portas. Tudo isso começou desde as obras do Metrofor", relata. 

A Defesa Civil de Fortaleza confirmou a interdição e a retirada das famílias. Das 21, 19 foram para pousadas no Centro e duas para casas de parentes ou amigos.

A Secretaria da Infraestrutura do Ceará informou que desde o início da obra da Linha Leste, o consórcio responsável pela execução dos trabalhos realiza o monitoramento do trecho no entorno do canteiro, diariamente, através de sensores que acompanham a estabilidade do terreno e que ao identificar a necessidade de intervenção em parte dos imóveis, para segurança dos moradores, acionou a Defesa Civil. Ainda de acordo com a Seinfra, as famílias removidas foram levadas para hotéis, pousadas ou casas de parentes e estão recebendo a devida assistência.

Os técnicos do consórcio e da Seinfra estão analisando as condições dos imóveis para que os reparos necessários sejam feitos e as famílias possam voltar para casa, o mais rápido possível, com segurança. Todos os outros imóveis da rua foram vistoriados e não apresentam riscos aos moradores, continuando sendo monitorados.

Com informações do Diário do Nordeste.

Aneel define que conta de luz não terá cobrança extra em fevereiro

Foto Diário do Nordeste
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (31), que a bandeira tarifária no mês de fevereiro será verde, ou seja, não haverá custo extra na conta de luz para os consumidores. Segundo a agência, o mês deverá ser chuvoso nas áreas onde estão localizados os principais reservatórios das hidrelétricas e o custo de geração de energia será menor. Dessa forma, não haverá necessidade de acionamento das usinas termoelétricas, que custam mais para gerar energia.

Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e o preço da energia (PLD).

As bandeiras tarifárias funcionam da seguinte maneira. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração, sendo a bandeira vermelha a que tem um custo maior e a verde, o menor.

Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.

Com informações do Ceará Agora.

Colisão frontal deixa uma vítima fatal entre Pedra Branca e Boa Viagem

Um grave acidente de trânsito foi registrado no final da tarde desta sexta-feira 31, em uma das curvas da rodovia CE-168, que liga a cidade de Pedra Branca ao vizinho município de Boa Viagem.

No local conhecido como curva do S, colidiram frontalmente uma Toyota Hilux do município de Quixadá, que seguia com 2 ocupantes, sentindo Pedra Branca/Boa Viagem e um Hyudai HB 20, com 3 ocupantes, que seguia sentido oposto.

A caminhonete acabou invadindo a contramão, se chocando fortemente com o veículo de passeio.

Vitimando a senhora Ana Lúcia Silvia Sousa,56 anos. Esposa do Sr. Gregório de Sousa ex-funcionário do Detram, residentes em Pedra Branca.

Ana, ainda chegou a ser socorrida para o hospital de Boa Viagem, porém não resistiu os ferimentos e veio a óbito.

Com informações do Portal de Notícias CE.

Funceme prevê chuvas em todas as regiões do Ceará no primeiro fim de semana de fevereiro

Foto José Leomar/SVM
O mês de fevereiro começa com chuva em todas as regiões do Ceará, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). As precipitações ocorrem neste sábado (1º), e domingo (2), especialmente nos períodos da tarde e da noite, com possibilidade de rajadas de vento na região Centro-sul.

A Funceme registrou chuva em pelo menos 110 municípios do Estado entre as 7h de quinta-feira (30), e 7h desta sexta-feira (31).

As maiores precipitações foram nos municípios de Redenção (145 mm), Baturité (127 mm), Itapipoca (117,6 mm), Palmácia (113,2) e Maranguape, com 112 mm. A capital teve 42 mm entre a madrugada e a manhã. As precipitações alagaram ruas e deixaram carros submersos. 

Previsão para sábado (1º) no Ceará

Expectativa é de céu nublado com chuva na maior parte do estado, com exceção da faixa litorânea, que deve apresentar céu parcialmente nublado e claro.

Previsão para domingo (2) no Ceará

Os acumulados podem diminuir em relação ao começo do fim de semana, porém, a expectativa é de precipitações em todas a regiões, mas com céu mais claro no decorrer do dia.

Com informações do Diário do Nordeste.

Ministério Público do Ceará recomenda que o município de Saboeiro não realize festas durante o carnaval

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da promotoria de Justiça de Saboeiro, expediu, na última quinta-feira (30), recomendação à prefeitura do município para que não sejam realizadas despesas relacionadas às festas de Carnaval, como contratação de artistas, serviços de buffets e montagens de estruturas para eventos enquanto durar o quadro de crise fiscal na cidade. 

A recomendação teve como fundamento as dificuldades financeiras do município, que inclui a ausência de pagamento dos salários de servidores e temporários, “estando muitos deles sem receber remuneração há vários meses”, conforme apresenta o promotor de Justiça Alexandre Paschoal Konstantinou. 

A promotoria ainda ressaltou em sua recomendação o acordo celebrado em uma Ação Civil Pública o compromisso do Município em efetuar o pagamento integral dos salários atrasados até o dia 31 de janeiro de 2020 e reforçou a recomendação de junho de 2019, na qual solicitava medidas serem adotadas pelo gestor de Saboeiro para equacionar a crise financeira e reconduzir a despesa com pessoal para abaixo do limite imposto pela lei de responsabilidade fiscal, possibilitando viabilizar futuras contratações necessárias ao interesse público, dando atenção a áreas como saúde e educação. 

A Prefeitura de Saboeiro tem até o dia 6 de fevereiro para encaminhar ao MPCE resposta sobre a recomendação. 

Com informações do Ministério Público do Ceará.

Novo salário mínimo começa a vigorar neste sábado

Começa a vigorar neste sábado 1º de fevereiro, o novo valor do salário mínimo. A medida provisória que fixa em R$ 1.045 o salário mínimo foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (31). De acordo com a MP, o valor diário do salário mínimo ficará em R$ 34,83; e o valor por hora, em R$ 4,75.

Estimativas divulgadas pelo governo apontam que cada R$ 1 a mais no salário mínimo resulta em um aumento de R$ 355,5 milhões nas despesas públicas. Ao todo, o reajuste do salário mínimo de R$ 1.039 para R$ 1.045 terá impacto de R$ 2,13 bilhões para o governo neste ano. Isso porque o mínimo está atrelado a 80% dos benefícios da Previdência Social, além de corrigir o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o abono salarial e o seguro-desenprego, entre outros.

Além disso, há um impacto de R$ 1,5 bilhão decorrente da elevação do valor do salário mínimo em relação ao valor original enviado no Orçamento de 2020, de R$ 1.031.

Até o ano passado, a política de reajuste do salário mínimo, aprovada em lei, previa uma correção pela inflação mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país).

Esse modelo vigorou entre 2011 e 2019. Porém, nem sempre houve aumento real nesse período porque o PIB do país, em 2015 e 2016, registrou retração, com queda de 7% nos acumulado desses dois anos.

Com informações do Cnews.

"Tá chovendo gelo!" Moradores de Piquet Carneiro registram o que seria uma chuva de granizo

Moradores do município de Piquet Carneiro, Sertão de Inhamuns, registraram o que seria uma chuva de granizo, nessa última quarta-feira, 29. 

Eles gravaram o momento em que várias “pedras brancas” caíam no chão, durante forte precipitação na Cidade. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) não confirmou se a chuva era de granizo, mas informou que as condições climáticas estavam favoráveis a isso.

“Tá chovendo gelo, olha ai o tamanho”, dizia um dos moradores no vídeo que circulou na internet. A chuva, que começou a cair no final da tarde, chegou a causar barulho de “estalo” nas telhas. “Tomara que não quebre meu para-brisas”, torce outro morador, que chegou a pegar as pedras com a mão. No registro, é possível ainda ver várias delas caindo no chão durante a chuva.

Em nota, a Funceme informou que a presença de granizo só pode ser confirmada com uma avaliação pessoal do material. Entretanto, o órgão registrou a atuação de áreas de instabilidade com aglomerados de nuvens do tipo Cumulonimbus (CB), o que pode ter provocado a chuva de granizo, informando ainda que o fenômeno deve ter ocorrido de forma isolada.

Imagens de satélite realizadas pela Funceme identificam o momento em que áreas de instabilidade se formam, contribuindo para a formação das CBs e atingindo o município por volta das 18 horas. No intervalo entre as 7 horas de quarta-feira, 29, e as 7 horas de quinta-feira, 30, a Funceme chegou a registrar o acumulado de 12 milímetros em Piquet Carneiro, no posto pluviométrico Açude São José II, e de 30,8 mm na Plataforma de Coleta de Dados (PCD), localizada no Sítio Ema dos Marinheiros.

Com informações do O Povo.

Chuvas no Ceará tendem a continuar no fim de semana

Com registro de chuva em mais de 100 municípios do Ceará desde as 7 horas da quinta, 30, até as 7 horas desta sexta, 31, a tendência é que as precipitações continuem no Estado. De modo geral, seguimos com tendência de chuvas com acumulados significativos para hoje e para o fim de semana (1/2 e 2/2) em todo o Estado.

Para hoje, 31, as chuvas tendem a continuar no decorrer do dia, com intensidade moderada e forte, principalmente na porção norte do Ceará . E para o fim de semana, as chuvas previstas devem acontecer especialmente no período da tarde e noite, mas não descartando pancadas de chuva na madrugada e manhã nas regiões. Como foi mencionado no últimos dias, a causa da chuva se dá pela presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCan) e a atuação mais próxima da Zona de Convergência Intertropical (ZCit) . 

Dessa forma, a previsão é a seguinte:

> 31/01: Céu nublado com eventos de chuva em todas as regiões;

> 01/02: Predomínio de nebulosidade variável com eventos de chuva na faixa litorânea. Nas demais regiões, céu nublado com chuva;

> 02/02: Predomínio de nebulosidade variável com eventos de chuva em todas as regiões.

Região Metropolitana 

Para a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a previsão é de chuva, de intensidade moderada a forte, para todo o dia de hoje, 31, devido a atuação dos sistemas de escala sinótica (VCan e ZCit).

Com isso, a previsão para RMF é:

> 31/01: Nublado com chuva;

> 01/02: Predomínio de nebulosidade variável com eventos de chuva;

> 02/02: Predomínio de nebulosidade variável com eventos de chuva.

Com informações do O Povo.

Segurança no Estado: sistema penitenciário ganha o reforço de mais 70 agentes

Uma solenidade na manhã desta sexta-feira (31), no Palácio da Abolição, em Fortaleza, marcou a nomeação por parte do Governo do Ceará de mais 70 agentes penitenciários. Os novos servidores vão reforçar o trabalho da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) nas unidades prisionais gerenciadas pelo Estado. 

Essa turma foi aprovada no concurso público iniciado em 2017. Já são 1.695 convocados que cumpriram os requisitos obrigatórios. Desse total, restam apenas 57 aprovados a serem nomeados.

O governador Camilo Santana, responsável por assinar o ato de nomeação e posse dos novos agentes, enfatizou que a contratação de profissionais para a área está dentro do planejamento traçado há pouco mais de um ano.

Isso faz parte da estratégia de reestruturação e fortalecimento do sistema prisional. O grande objetivo é fazer do sistema um modelo de gestão, disciplina e controle para todos os estados. Estamos criando as condições cada vez mais efetivas e necessárias para ter um sistema penitenciário com bom funcionamento. Praticamente vamos dobrar o número de agentes penitenciários, estamos ampliando as unidades prisionais e vamos inaugurar, em breve, a primeira unidade de segurança máxima do Ceará. Isso tudo faz parte do processo, destacou.

Além disso, Camilo lembrou que para o sistema ter sucesso é preciso também olhar para o interno.

Queremos dar oportunidade de um tratamento justo aos nossos presos, de trabalho, e isso tem sido uma experiência muito importante, comentou.

Com a posse, os novos agentes farão um curso de nivelamento realizado pela SAP durante 42 dias, com conteúdo teórico e prático, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. As aulas serão ministradas na sede da secretaria e nas unidades prisionais. Mauro Albuquerque, secretário da Administração Penitenciária, detalhou como será essa qualificação final antes do início das atividades laborais.

Vai ser visto desde administração penitenciária até resolução de crise. Eles vão fazer estágio dentro das unidades prisionais aumentando a vigilância e a procura por materiais ilícitos. Essa capacitação é mais específica. Você vai dar um conhecimento mais técnico e profissional do que ele precisa para desenvolver o trabalho dentro do sistema penitenciário, porque alguns treinamentos você não pode dar antes da pessoa fazer parte do sistema, explicou o titular da pasta.

Os agentes penitenciários devem estar com fardamento completo e material exigido para a realização do trabalho.

Polícia Civil de Icó recupera 31 celulares roubados

Foto Richard Lopes
A 17ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Icó concluiu a segunda fase da ‘Operação Cellare’, que resultou na recuperação de 31 aparelhos de celulares oriundos de furtos e roubos na cidade.

A operação ocorreu entre setembro de 2019 e janeiro deste ano. Além de Icó, diligências aconteceram nas cidades de Iguatu, Juazeiro do Norte e Juazeiro da Bahia. Quem estava com a posse dos aparelhos furtados ou roubados vai responder pelos crimes de receptação e furto.

A Polícia Civil recomenda que, em caso de roubo ou furto de celular, a vítima procure a delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência. O proprietário deve estar com documento de identidade e o número do IMEI do aparelho, para que ele seja localizado.

O delegado Alexandre Segundo observou que é importante também que a população não compre objetos sem a respectiva nota fiscal, uma vez que esses produtos podem ser oriundos de crimes como roubo ou furto, configurando crime de receptação. 

Com colaboração de Richard Lopes.

Chuva de 40 milímetros provoca cheia do riacho Saco das Onças em Orós

O Riacho Saco das Onças, na zona rural de Orós, região Centro-Sul do Ceará, transbordou na manhã desta sexta-feira (31). Choveu 40mm durante a madrugada. Foi a maior precipitação do ano. A localidade de Aroeiras, no distrito de Guassussê, é uma das beneficiadas com a recarga de água nos pequenos reservatórios.

O técnico em agropecuária, Thiago Barros, comemorou a cheia do riacho. “Estava tudo seco, as chuvas anteriores mal acabava com a poeira, mas hoje pela madrugada veio uma boa que encheu o riacho”, comemorou. “Por aqui tá todo mundo animado, acreditando que vamos ter um bom inverno, boas chuvas em fevereiro e nos outros meses”.

Com informações do Diário do Nordeste.

Catarina: Agentes de Endemias intensificam combate ao Aedes aegypti

Foto Diomar Araújo
Os agentes de endemias da secretaria municipal de Saúde de Catarina intensificaram, nas duas últimas semanas, o trabalho de visita domiciliar e a estabelecimentos comerciais e de serviços. O objetivo é combater focos do mosquito Aedes aegypti.

A secretária de Saúde, Valeria Rodrigues Cavalcante, destacou que é no período chuvoso que ocorre maior incidência das doenças transmitidas pelo mosquito. “Todas as unidades da área urbana foram visitadas”, pontuou.

A secretaria de Saúde de Catarina quer evitar surto de doenças transmitidas pelo vetor a exemplo do que ocorreu no passado. A pasta divulgou, parcialmente, os números de arboviroses em Catarina do dia 29 de dezembro de 2019 ao dia 18 de janeiro de 2020, através de resultados de exames do Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará – Lacen. 

Foram confirmados 19 casos de dengue e mais 15 notificados aguardam resultado de laboratório.

Taxa de desemprego no Brasil fecha 2019 em 11,9%

A taxa média de desemprego no país caiu para 11,9% em 2019, atingindo 11,6 milhões de pessoas. A taxa é inferior à registrada em 2018, que havia fechado o ano em 12,3%.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C), divulgada nesta sexta-feira  (31),  pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No quarto trimestre do ano, a taxa de desemprego ficou em 11%. No terceiro trimestre do ano, o índice havia sido de 11,8%.

Segundo o IBGE o maior destaque em relação aos três meses anteriores (julho a setembro) foi o aumento de 1,8% no contingente de empregados no setor privado com carteira assinada, que atingiu 33,7 milhões de pessoas. Na mesma comparação, o número de trabalhadores sem carteira assinada ficou estável, em 11,9 milhões.

Com informações do Cnews.

Vicente Nery grava DVD com clássicos dos anos 1990 em Fortaleza

Nome conhecido e presente no repertório de artistas nacionais, o cantor Vicente Nery gravou uma nova produção audiovisual com amigos do forró. A primeira edição do projeto ‘Vicente & Amigos’ nasceu em 2008 e, desde então, ganhou novos volumes.

“A ideia sempre foi resgatar canções de grandes nomes da música. Estava quatro anos sem fazer o especial. Os fãs me cobravam muito. Nas redes sociais, termômetro dos fãs, conseguimos observar que as últimas produções estavam sendo bem assistidas. Tem forró, brega, samba, é tudo muito versátil”, explicou Vicente Nery.

Em Fortaleza, Walkyria Santos, Aduílio Mendes, Luan Estilizado, Edson Lima, Zé Gerardo e Ellen Nery foram os convidados para a quarta edição do DVD, fechado para imprensa e convidados. “Walkyria Santos é pelo lado da sensualidade. Edson Lima sou fã. Conheci ele cantando música do Zé Augusto. Aduilio, carinho pelo amigo que ele é. Zé Geraldo, retrata a minha história com o interior. Luan Estilizado, no começo da carreira dele, me cobriu em um show que faltei por conta de uma forte chuva. Desde então, ficamos amigos”, revelou o cantor Vicente Nery.

Repertório

Para o setlist do DVD, Vicente Nery gravou 15 faixas distribuídas entre canções inéditas e regravações que são sucessos até hoje, como “Senhorita”, “Fantasias” e “Amanhã”. Uma das apostas dele para música de trabalho é uma composição autoral chamada “Fim de Ano, Primeiro de Janeiro’”.

A canção “Senhorita” ganhou uma versão com o criador e intérprete. Zé Geraldo, compositor e cantor, veio de São Paulo participar da produção audiovisual de Vicente Nery. “A música já tem 52 anos. Vicente foi um dos cantores que popularizou essa canção. Atualmente, nomes como Henrique e Juliano, seguem com ‘Senhorita’ no repertório de shows por todo o Brasil”.

Um dos feats da nova produção audiovisual de Vicente Nery que chama atenção é com a sobrinha, que é compositora, Ellen Nery. A jovem é coonhecida por hits de Xand Avião, Simone e Simaria, Márcia Fellipe, Claudia Leite, entre outros. “Foi um susto o convite, não esperava. Estou muito feliz. Estou entre grandes. É um aprendizado. Eles tem muito para nos ensinar”.

Walkyria Santos, nome conhecido nacionalmente por passagem na banda Magnificos, gravou com Vicente Nery a canção “Amanhã” de Roberta Miranda. “Vicente representa uma boa parte da música do Nordeste. Ele me ligou e não exitei em participar. No último ano, ficamos mais próximos. Nos encontramos mais em eventos e camarins. Ele me apresentou duas músicas. Essa da Roberta é um clássico. Vocês escutarão um grande feat”.

O mesmo sentimento de Walkyria Santos é compartilhado por Edson Lima. “Nossa amizade é desde a época que ele cantava no Forró Maior. Temos uma história marcante. Quando nos encontrando é só irmandade”, destacou o forrozeiro. Juntos, eles cantaram “Fantasias” de José Augusto.

Com informações do Diário do Nordeste.

CBF anuncia locais dos jogos da Seleção brasileira nas Eliminatórias; Fortaleza fica de fora

Foto AFP
A Seleção brasileira já sabe onde irá jogar as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 em casa. Nesta sexta-feira (31), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou as cidades que irão receber a equipe canarinha durante a disputa da vaga, entre 26 de março de 2020 e 16 de novembro de 2021. 

Por ter o estádio com maior capacidade de público do Nordeste, Fortaleza era uma das favoritas para sediar as partidas, mas ficou fora da lista.

Confira datas e locais onde o Brasil vai jogar as Eliminatórias

2020

Brasil x Bolívia: 27 de março, na Arena Pernambuco (Recife)

Brasil x Venezuela: 3 ou 4 de setembro, no Mané Garrincha (Brasília)

Brasil x Argentina: 13 de outubro, na Arena Corinthians (São Paulo)

Brasil x Equador: 12 ou 13 de novembro, na Arena Fonte Nova (Salvador)

2021

Brasil x Peru: 30 de março, no Beira-Rio (Porto Alegre)

Brasil x Uruguai: 8 de junho, no Maracanã (Rio de Janeiro)

Brasil x Colômbia: 2 ou 3 de setembro, no Morumbi (São Paulo)

Brasil x Paraguai: 12 de outubro, na Arena Amazônia (Manaus)

Brasil x Chile: 11 ou 12 de novembro, no Mineirão (Belo Horizonte)

"Essa organização com bastante antecedência é fruto de um trabalho que iniciamos em novembro do ano passado. Conhecemos bem as estruturas nos diferentes estados e fizemos um estudo muito aprofundado. Acima de muitas questões colocadas na discussão pautamos nossa decisão pela garantia de bons gramados e a certeza de que levaríamos a equipe para todas as regiões do Brasil", disse o coordenador da seleção brasileira, Juninho Paulista, ao site oficial da CBF.

Além dos confrontos para poder participar do Mundial no Catar, a equipe de Tite também terá a Copa América, na Colômbia, estreando contra a Venezuela, em Cali, dia 14 de junho.

Com informações do Diário do Nordeste.

Pedra Branca: Açude Capitão Mor finaliza o mês de janeiro com mais de 16% de sua capaciadde

O segundo maior reservatório de Pedra Branca monitorado pela Cogerh - Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos, o açude Capitão Mor que fica localizado há cerca de 68 km da sede , está finalizando o mês de janeiro com 16,45% de sua capacidade, volume é de quase 1 milhão de metros cubico.

O reservatório que foi construído pelo exército brasileiro no ano 1988, inciou o ano de 2020 com 3,66%.

Com as chuvas que banharam a região no dia 9 de janeiro, o açude deu um salto de 13% em seu aporte.

A comunidade comemorou, pois a qualidade da águas foi restabelecida.

Em março de 2019 ,ele atingiu sua pior marca de 1,92% de sua capacidade. naquele mesmo mês o açude teve um novo aporte, chegando a 7 %.

Com o atual nível, o açude Capitão Mor voltou a ter os mesmos 16% de agosto de 2016, quando ele já vinha em queda da sua última cheia, ocorrida em abril de 2011.

Com informações do Portal de Notícias CE.

Jornada Pedagógica de Acopiara 2020

Professores, gestores e técnicos das Escolas Municipais!

Vem aí, a Jornada Pedagógica 2020!

Um momento de reflexão, discussão e de tomada de decisões quanto às práticas pedagógicas praticadas no cotidiano escolar.

No dia 04 de fevereiro, palestra com o professor doutor Emílio Freitas, mestre em políticas públicas.

Vocês são nossos convidados!

Ainda dá tempo de apostar: Mega-Sena sorteia R$ 70 milhões neste sábado

O concurso 2.230 da Mega-Sena pode pagar neste sábado (1º), um prêmio de R$ 70 milhões a quem acertar as seis dezenas. O sorteio será no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo.

Se aplicado na poupança, o prêmio pode render mais de R$ 181 mil mensais. Se o ganhador investir em bens, poderá adquirir 25 carros esportivos de uma das principais marcas da categoria.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer lotérica do país e também no portal Loterias Caixa. O valor da aposta simples da Mega-Sena é de R$ 4,50.

Para jogar pela internet, no portal Loterias Caixa, o apostador precisa ser maior de 18 anos e fazer um pequeno cadastro.

Com informações da Agência Brasil.

Mais de 100 cidades do Ceará registram chuvas

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou chuva em mais de 100 cidades no intervalo entre as 7h desta quinta-feira (30) e as 7h desta sexta-feira (31). Redenção, na Grande Fortaleza, computou o maior volume, com 145 milímetros. Os dados ainda são parciais e podem ser atualizados no decorrer do dia.

O município de Palmácia, no Maciço de Baturité, registrou 113,2 milímetros. Devido as boas chuvas, o Açude Germinal, que já havia sangrado na última terça-feira (28), aumentou a sua lâmina de água em 41 cm nesta sexta-feira.

Segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), a válvula dispersora do açude teve que ser aberta. As águas foram encaminhadas, segundo a Cogerh, em direção o Açude Acarape do Meio, localizado na cidade de Redenção, distante 38 km de Palmácia. O Germinal, construído em 2017, é um reservatório com capacidade para 2,1 milhões de m³ de água e atende o município de Palmácia e localidades próximas. O açude serve, principalmente, para o abastecimento humano e perenização do rio Pacoti.

Houve boas chuvas também nas cidades de Baturité (127 milímetros); Maranguape (112 milímetros) e Boa Viagem (105 milímetros).

Alagamentos na capital

Em Fortaleza, a maior precipitação foi registrada no Posto do Pici, com 42,8 milímetros. A chuva deixou o Aeroporto Internacional Pinto Martins alagado e carros submersos na Avenida Heráclito Graça, no bairro Aldeota. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) afirma que a máxima em Fortaleza será de 31ºC e a mínima de 25ºC. A umidade mínima de 65% e máxima de 95%. A intensidade dos ventos é de fraco para moderado

Houve chuvas também em dois municípios do Litoral Oeste: São Gonçalo do Amarante (95 milímetros) e Paracuru (90 milímetros).

Previsão para os próximos dias

De modo geral, segundo a Funceme, seguimos com tendência de chuvas com acumulados significativos para hoje e para o final de semana (1º) e (2) para todo o estado. Para sexta-feira (31), as chuvas tendem a continuar no decorrer do dia, de intensidade moderada e forte, principalmente na porção norte do Ceará.

E para o final de semana, as chuvas previstas devem acontecer especialmente no período da tarde e noite, mas não descartando pancadas de chuva na madrugada e manhã nas regiões citadas na previsão para tais dias. Como foi mencionado no últimos dias, a causa da chuva se dá pela presença de um de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e a atuação mais próxima da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT).

Novo salário mínimo entra em vigor neste sábado, 1º de fevereiro

O novo salário mínimo começa a vigorar neste sábado, 1º de fevereiro. A medida provisória que fixa em R$ 1.045 o salário mínimo foi no Diário Oficial da União de hoje desta sexta-feira, 31. O valor diário do salário mínimo ficará em R$ 34,83, enquanto o valor por hora foi fixado em R$ 4,75.

De acordo com o Governo Federal, cada R$ 1 a mais no salário mínimo equivale a um aumento de R$ 355,5 milhões nas despesas públicas. Neste ano, o reajuste do piso nacional, de R$ 1.039 para R$ 1.045, terá impacto de R$ 2,13 bilhões nas contas públicas.

Inicialmente, o salário mínimo foi reajustado de R$ 998 para R$ 1.039, mas o Governo aumentou o valor depois para R$ 1.045. Isso porque a alta no preços da carne fez o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) — que serve de base para correção do mínimo — fechar o ano além do previsto. O índice é calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE

Com informações do O Povo.

Jovem de 21 anos é abordada por dupla em moto e morta a tiros em Fortaleza

Dois homens em uma moto são suspeitos de abordar e matar a tiros uma jovem de 21 anos no Bairro Granja Lisboa, em Fortaleza, na noite de quinta-feira (30).

Segundo testemunhas, a vítima estava passando no cruzamento da Rua Guararema com Rua Oscar França, quando o foi atingida pelos disparos. Uma ambulância do Samu foi acionada, mas a jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Conforme familiares, a mulher era usuária de drogas, mas não tinha antecedentes criminais.

Agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local para levantar informações que auxiliem nas investigações sobre o caso.

De acordo com a polícia, uma das linhas de investigação é que o crime tenha relação com dívidas de drogas.

Com informações do G1 Ceará.

Chove em mais de 100 cidades do Ceará; Em Palmácia, sangramento do açude Germinal ganha mais volume

O Ceará registrou chuvas em mais de 100 municípios no intervalo entre as 7h da quinta-feira (30), e as 7h desta sexta-feira (31), de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A maior precipitação ocorreu no município de Redenção, na Grande Fortaleza, com 145 milímetros. Os dados ainda são parciais e podem ser atualizados no decorrer do dia.

Outro município que recebeu boas chuvas foi Palmácia, no Maciço de Baturité, com 113,2 milímetros. Com as precipitações, o açude Germinal, que já havia atingido a sua capacidade máxima na última terça-feira (28), aumentou a sua lâmina de água em 41 cm nesta sexta-feira.

Segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), a válvula dispersora do açude teve que ser aberta. As águas correm, segundo a Cogerh, em direção ao açude Acarape do Meio, localizado na cidade de Redenção, distante 38 km de Palmácia. O Germinal foi construído em 2017, com 2,1 milhões de m³ de capacidade, e atende o município de Palmácia e localidades próximas. O açude serve, principalmente, para o abastecimento humano e perenização do rio Pacoti.

Transtornos em Fortaleza

Outras duas cidades registraram chuvas acima de 100 milímetros: Baturité (127 milímetros); Maranguape (112 milímetros) e Boa Viagem (105 milímetros). Em Fortaleza, a maior precipitação foi registrada no Posto do Pici, com 42,8 milímetros. A chuva deixou o Aeroporto Internacional Pinto Martins alagado e carros submersos na Avenida Heráclito Graça, no bairro Aldeota.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) afirma que a máxima em Fortaleza será de 31ºC e a mínima de 25ºC. A umidade mínima de 65% e máxima de 95%. A intensidade dos ventos é de fraco para moderado.

Previsão do tempo para fim de semana

De modo geral, segundo a Funceme, seguimos com tendência de chuvas com acumulados significativos para hoje e para o final de semana (1º) e (2) para todo o estado. Para sexta-feira (31), as chuvas tendem a continuar no decorrer do dia, de intensidade moderada e forte, principalmente na porção norte do Ceará.

E para o final de semana, as chuvas previstas devem acontecer especialmente no período da tarde e noite, mas não descartando pancadas de chuva na madrugada e manhã nas regiões citadas na previsão para tais dias. Como foi mencionado no últimos dias, a causa da chuva se dá pela presença de um de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e a atuação mais próxima da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT).

Reservatórios

Os 155 açudes cearenses monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), que analisa o aporte diário nas barragens, têm capacidade para 18,62 bilhões de metros cúbicos de água. Atualmente, o volume está em tantos 2,66 bilhões de m³, o que corresponde a 14,30% da capacidade.

Ainda conforme o órgão, 94 reservatórios estão com volume abaixo de 30% (33 em volume morto e 13 secos). Apenas o Germinal se encontra com capacidade de 100%.

O açude Castanhão, maior reservatório do Estado, está com 2,5% da capacidade total. O Banabuiú, localizado no município de mesmo nome, é outro importante açude cearense castigado pela seca: está só com 6,11% de capacidade. Já o Orós, na bacia do Alto Jaguaribe, tem 4,88% de volume. Juntos, eles respondem por quase 20% do volume total do Estado.

Com informações do G1 Ceará.

Prazo para pagar IPVA com desconto em cota única termina nesta sexta-feira (31)

Contribuintes que pretendem aproveitar o desconto de 5% no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) devem se atentar ao prazo estipulado pela Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE). Até esta sexta-feira, 31, quem pagar o valor do imposto em cota única poderá contar com abatimento.

Depois desse prazo, o pagamento poderá ser feito em cinco parcelas, com valor mínimo de R$ 100 e vencimento nos dias 10 de fevereiro, 10 de março, 13 de abril, 11 de maio e 10 de junho – sem desconto.

Conforme a Sefaz, pessoas com deficiência têm direito à isenção do imposto, assim como proprietários de máquinas agrícolas, táxi, ônibus de transporte urbano e metropolitano. Há isenção também para veículos com mais de 15 anos de fabricação.

Serviço

A emissão do Documento de Arrecadação do Estado (DAE) pode ser realizada a partir do aplicativo Meu IPVA, disponível para Android e iOS, e pelo site da Secretaria da Fazenda do Ceará(http://www2.sefaz.ce.gov.br/ipva/#/impostos/emitir-dae), mediante a informação do placa e do chassi ou Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

Com informações do O Povo.

Ceará teve 12 casos de tipos mais brandos de coronavírus em 2019

O Ceará registrou 12 casos de síndrome respiratória aguda grave causados por coronavírus em 2019, de acordo com o último boletim epidemiológico sobre a influenza, divulgado pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). No entanto, os vírus causadores da doença eram diferentes do novo tipo 2019-nCoV, responsável pelo surto na China e com um caso suspeito no Estado, já que apresentavam baixo grau de transmissibilidade e menor repercussão sintomática no paciente.

O presidente da Sociedade Cearense de Infectologia (SCI), Guilherme Henn, explica que, em geral, os coronavírus infectam primeiramente animais mamíferos, répteis ou aves, por exemplo, mas ao sofrerem mutação, podem contagiar também seres humanos. Conforme o especialista, o vírus já circula no País antes mesmo do alerta mundial recente, sendo causadores de infecções esporádicas como as registradas no Ceará. O 2019-nCoV, porém, demanda maior preocupação.

"Em todo canto tem coronavírus, mas como eles circulam há muito tempo, a população já tem uma certa imunidade de base contra eles. O atual vírus tem uma capacidade de transmissibilidade e agressividade maiores, e a população ainda não está preparada", alerta o médico.

Já a médica infectologista da Sesa, Tânia Mara Coelho, reforça que a família do coronavírus tem algumas cepas mutantes. "Esse vírus de agora é uma cepa nova, de uma forma diferente. Ainda estamos aprendendo com ele. Parece muito com a influenza, mas a gente está se atualizando, junto ao Ministério da Saúde, para ter mais informações", diz.

Sobre os casos do ano passado, a especialista ressalta que não devem ter tido gravidade. Conforme o mesmo boletim, nenhum óbito por coronavírus foi registrado no Ceará, em 2019. Já os vírus causadores da influenza vitimaram 44 pessoas. Mais 10 pessoas morreram em decorrência de "outros vírus respiratórios".

Segundo o Ministério da Saúde, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias de leves a moderadas, semelhantes a resfriados comuns. Outros podem resultar em doenças graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), identificada em 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers), em 2012. Ainda não há medicação específica ou vacina para o 2019-nCoV.

Acompanhamento

Até o momento, o Ceará investiga um caso suspeito do novo vírus: o de um engenheiro mecânico de 27 anos, morador de Sobral, que esteve a trabalho na China e retornou ao Brasil há 13 dias, já com os sintomas. Ele foi isolado no Hospital Regional Norte (HRN), da rede estadual. O Ceará é o único Estado do Nordeste a ter um caso do coronavírus em análise. Há outras oito suspeitas em mais seis estados.

Segundo Tânia, além dos cuidados com o paciente, todas as pessoas que tiveram contato com ele, nos últimos dias, foram orientadas a manter medidas de prevenção, como evitar aglomerações, higienizar as mãos com álcool e utilizar solução nasal. Mas, garante que nenhuma teve os sintomas documentados, que incluem febre, dores de cabeça e no corpo e tosse seca.

"As medidas para prevenção e conduta são as mesmas da influenza, com que já temos experiência. Estamos conversando com todas as unidades de saúde, trocando informações, e vamos trazer gente do interior para fazer treinamento em Fortaleza", afirma a infectologista.

Além disso, há pelo menos 15 dias, os portos e aeroportos do Estado já são monitorados pela Sesa quanto à possível entrada da enfermidade, em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). As atenções se voltam principalmente para Fortaleza e São Gonçalo do Amarante, onde existe maior fluxo de pessoas oriundas da China e de outros países asiáticos.

A Secretaria da Saúde do Estado registrou casos de coronavírus no Ceará diferentes do que se espalhou pela China e por outros países. O Ceará mantém investigação de um caso suspeito do novo tipo de coronavírus.

Com informações do Diário do Nordeste.

Chuva de 145 milímetros banha município de Redenção

Segundo a Funceme o noroeste do Ceará deve receber chuvas mais expressivas em relação às demais áreas do Estado entre quinta (30), e esta sexta-feira (31), conforme atualização da previsão do tempo realizada na manhã de hoje.

No intervalo entre as 7h de ontem, e as 7h de hoje, foram registradas chuvas em, pelo menos, 99 municípios. Dados parciais apontam que os maiores acumulados foram em Redenção (145 mm), Baturité (127 mm), Palmácia (113,2 mm) e Maranguape (112 mm).

Confira as 10 maiores chuvas:

Redenção (Posto: Acude Acarape Do Meio) : 145.0 mm

Baturité (Posto: Baturite) : 127.0 mm

Palmácia (Posto: Palmacia) : 113.2 mm

Maranguape (Posto: Tanques) : 112.0 mm

Maranguape (Posto: Fazenda Columinjuba) : 108.0 mm

Boa Viagem (Posto: Ibuacu) : 105.0 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Santo Amaro) : 95.0 mm

Maranguape (Posto: Ac. Amanary) : 95.0 mm

Paracuru (Posto: Jardim Do Meio) : 90.0 mm

Maranguape (Posto: Itapebussu) : 86.0 mm

Coronavírus pode causar desabastecimento de produtos chineses no Ceará

O coronavírus chinês pode, nos próximos meses, impactar negativamente a economia cearense. Isso porque o país asiático é um forte parceiro comercial do Ceará, principalmente, nas importações, fornecendo ao Estado insumos, matérias-primas e produtos acabados, como eletrônicos. Para a indústria e o comércio, os efeitos ainda são incertos, mas caso a epidemia continue na velocidade atual de proliferação, os impactos podem ser sentidos até abril.

De acordo com Cid Alves, presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), é provável que mercadorias produzidas na China venham a faltar no comércio local, embora não em um curto prazo.

"Os navios que saem da China nesse período só chegam aqui entre 70 e 90 dias. Lá para abril poderá faltar produtos, como utilidades de modo geral, eletrônicos e eletrônicos menos refinados. Mas isso de abril em diante", estima Alves. "Eu acho que isso não é imediato, mas poderá acontecer. Também não acho que nos meses de fevereiro e março haverá qualquer problema relacionado com desabastecimento", afirma.

Parceiro

Segundo o Ministério da Economia, o Ceará importou em 2019 da China um valor de US$ 413,9 milhões em mercadorias, principalmente insumos para a cadeia produtiva local. São compostos organo-inorgânicos usados na indústria química cearense, moldes para borrachas ou plásticos, produtos laminados planos de ferro ou aço, além de partes para máquinas, principalmente, insumos usados em motores e geradores de materiais elétricos.

A gerente do Centro Internacional de Negócios (CIN), da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Karina Frota, pondera que o cenário ainda é de muita especulação, mas reitera que podem ocorrer impactos negativos no mercado para o Estado.

"Olhando pelo viés de uma perspectiva de redução da atividade econômica da China, como somos um estado importador, pode ser que as importações de lá tenham uma retração, porque nós teremos uma oferta de produtos menor. E mesmo que a gente tenha uma oferta razoável, nós teremos uma oscilação naquele preço que tradicionalmente a gente importa dentro de um intervalo", explica.

Ela acrescenta que, dentro desse cenário pessimista, os importadores cearenses deverão enfrentar preços maiores após a crise desencadeada pela proliferação do coronavírus na região.

"Dentro dessa especulação de que a China enfrenta, pode haver uma queda na produção industrial chinesa e, por conta disso, eu posso realizar as minhas importações por um preço mais alto ou posso ter escassez daquele produto que eu importo", exemplifica a gerente do CIN.

Ela destaca que algumas indústrias específicas do Ceará podem se confrontar com preços elevados daqui a alguns meses. "Nesses 20% que o Ceará importa da China, a gente tem muito a questão dos insumos para a indústria química, de partes que alimentam nossa energia renovável".

Já no ranking das exportações do Ceará para a China, o país asiático fica apenas 11º lugar no ranking de principais compradores de mercadorias do Estado em 2019. No ano, foram exportados à China US$ 51,1 milhões em produtos fabricados aqui.

O Ceará exportou para o país principalmente minérios de manganês (US$ 11,2 milhões), ceras vegetais (US$ 11,2 milhões), lagostas congeladas (US$ 9,5 milhões), outros peixes (US$ 4,7 milhões) e outros calçados de borracha ou plástico (US$ 3,8 milhões).

Missão adiada

A repercussão do coronavírus também está afetando as missões empresariais para a China. De acordo com a gerente do CIN, as missões para o país asiático são comuns, e a Fiec realiza pelo menos duas por ano. "No momento atual, a orientação do governo chinês é que essas visitas ao mercado sejam adiadas até que a gente tenha alguma configuração mais concreta desse cenário. Nós tínhamos uma agenda na Feirão de Cantão (feira mais antiga e mais representativa da China) em abril, e hoje, pela recomendação do governo chinês, nós adiamos a viagem para a edição de outubro. A feira faz parte do calendário de negócios da China".

Frota diz ainda que Fiec trabalha nessa área de promoção comercial com vários mercados do mundo. "No caso específico da China, a ótica é para a importação de insumos, matérias-primas e bens de capital para acelerar o ganho de produtividade da indústria doméstica", aponta.

Viagem cancelada

O empresário Alexandre Pedron, por sua vez, cancelou a viagem marcada para a China. Ele pondera que a crise com o coronavírus pode afetar os negócios em larga escala, chegando a todo o País.

"Muitas empresas hoje dependem de produtos e matéria-prima da China e pode ser que isso vire um efeito cascata. Pode ser que atrase toda a programação de embarque, uma programação de produção que as empresas hoje dependem. Isso realmente pode ser que prejudique o Ceará".

Pedron afirma ainda que já há diálogos com empresários locais que importam produtos da China. "Já existe uma conversa entre empresários para fazer um novo planejamento de como manter o faturamento junto às empresas varejistas e parcerias para ver como a gente vai manter esse faturamento até que seja controlada essa epidemia".

Com informações do Diário do Nordeste.

Sem dinheiro para comprar passagem, casal e filhos viajam a pé de Goiás a Roraima

Um casal que se mudou com os três filhos para Goiânia há um ano em busca de condições melhores de vida não conseguiu emprego e decidiu voltar para Rorainópolis, no sul de Roraima. Sem dinheiro para comprar passagens de ônibus, a família colocou tudo o que tinha em uma bicicleta adaptada com uma correntinha e iniciou a pé a viagem de quase 3,8 mil km.

O agricultor Ananias Pereira da Silva, de 38 anos, conta que eles iniciaram o percurso há dez dias. Neste período, a família já percorreu quase 250 km da GO-060 e chegou em Iporá, na região oeste de Goiás. O homem afirma que já enfrentou chuva e fome, mas que não pretende desistir.

“Não tem outro jeito, precisamos voltar pra casa. Aqui estamos passando fome, lá teremos familiares que vão poder nos ajudar. Já estamos há dez dias andando, sem parar”, contou o agricultor.

Segundo Ananias, ele decidiu se mudar para Goiás depois que sofreu um acidente de trabalho, pois ouvia as pessoas falarem que poderia ter mais qualidade de vida em território goiano. Porém, não conseguiu emprego e todo o dinheiro que tinha acabou. Sem ter onde morar, ele e os filhos, um menino de 12 e duas meninas de 10 e 7 anos, estavam vivendo nas ruas de Goiânia.

“Eu vendi a propriedade que eu tinha por R$ 12 mil, chegamos em Goiânia e começamos a pagar aluguel, mas logo o dinheiro acabou. Sem emprego, fomos morar na Marginal Botafogo”, contou Ananias.

Na quarta-feira (29), a família encontrou na zona rural de Iporá a dona de casa Neuza Pereira Rosa, que ofereceu comida e um local para eles tomarem banho. Ela conta que decidiu ajudar depois que viu as crianças andando na chuva.

“É muito triste ver eles desse jeito, as crianças com frio, com fome. Eu to fazendo o que eu posso, mas não consigo comprar as passagens”, disse Neuza.

Com informações do G1.