quarta-feira, 1 de abril de 2020

Sobe para oito o número de mortes por coronavírus no Ceará

O mês de abril começa com mais 43 casos confirmados do novo coronavírus no Ceará. A informação foi divulgada em boletim epidemiológico, no fim da tarde desta quarta-feira (1º), pelo Ministério da Saúde. Na terça (31), a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) havia confirmado 401 casos de Covid-19, hoje são 444. O aumento é de 10,7%.

O número de mortes, de acordo com a Pasta federal, subiu de sete para oito. A taxa de letalidade, que divide o número de óbitos pela Covid-19 pelos casos confirmados, atualmente é de 1,8%.

Nacional

No Brasil como um todo, o Ceará é a terceira unidade da federação com o maior número de casos, ficando atrás apenas dos estados de São Paulo (2.981 confirmações e 164 óbitos) e Rio de Janeiro (832 confirmações e 28 óbitos).

Em todo o país, de acordo com o Ministério da Saúde, com dados repassados pelas secretarias estaduais até às 17h desta quarta (1º), já foram confirmados 6.836 testagens positivas para o novo coronavírus, sendo que 240 delas tiveram sua evolução para óbito. Em 24 horas, foram confirmadas, em todo o Brasil mais 1.119 infecções. 

Restrições

A fim de diminuir o número de transmissões da Covid-19, o governador do Ceará, Camilo Santana, prorrogou o decreto que restringe a abertura de espaços como bares, comércios e igrejas. Esses estabelecimentos estão impedidos de funcionar até o dia 5 de abril. Só é permitido o funcionamento de unidades essenciais, como hospitais, farmácias e supermercados. 

A medida segue orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e visa evitar aglomerações de pessoas no Estado. Na terça-feira (31), o governador também suspendeu aulas de instituições das redes pública e privada de todos os níveis por mais 30 dias. 

Com informações do Diário do Nordeste.