sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Dilma lidera isolada para Senado em Minas, mostra pesquisa

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (28), mostra que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) segue líder isolada na corrida para o Senado em Minas Gerais, com 28% das intenções de voto. Na última pesquisa, publicada no dia 20, a petista tinha 29%.

A novidade deste levantamento é o segundo lugar, que passou a ser ocupado pelo deputado Rodrigo Pacheco (DEM). Ele saiu de 13% para 17%, mas segue empatado na margem de erro com Carlos Viana (PHS), que manteve 14%.

Fábio Cherem (PDT) foi de 7% para 11%. E Dinis Pinheiro (SD) manteve 10%. Rodrigo Paiva (Novo) tem 8%, Coronel Lacerda (PPL) tem 6% e Miguel Correa (PT) e Bispo Damasceno (PPL) têm 5% cada. Os votos brancos e nulos para a primeira vaga somam 17% e para a segunda vaga são 24%.

Entre os eleitores de Dilma, 17% souberam dizer corretamente qual é seu número. Para Pacheco, o índice é de 13%. Viana obteve 16% de acertos e Cherem, 12%.

A sondagem contratada pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo ouviu 1.387 eleitores em 67 municípios entre os dias 26, 27 e 28 de setembro. O nível de confiança é de 95%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número MG-04347/2018. Com informações do Diário do Nordeste.