sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Ceará fecha 2019 com 10,3 mil empregos gerados

Os dados do emprego formal no mercado de trabalho cearense revelam que 385.096 admissões e 374.777 demissões foram realizadas no Ceará em 2019. O saldo positivo foi de 10.319 empregos gerados no Estado. Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados nesta sexta-feira, 24, pelo Ministério da Economia.

Entre os setores, destaque para o setor de serviços que empregou 173.741 e dispensou outros 161.958, que gerou saldo de 11.783 vagas abertas no ano passado.

Outro setor que teve números expressivos de geração de emprego foi o comércio, com 2.429 postos de trabalho abertos no ano passado.

Apenas dois setores mais demitiram do que contrataram: a construção civil e a indústria. A primeira teve saldo negativo de 3.805 vagas e a segunda de 1.282.

Dezembro

Recortando somente os resultados de dezembro vemos dados negativos. No Ceará, foram contratadas 22,7 mil pessoas, enquanto 26,1 mil foram dispensadas dos seus serviços. Isso gerou saldo negativo de 3.396 vagas.

Os setores que contribuíram para esse resultado foram: Indústria (-1.780 vagas), construção civil (-1.442), serviços (-913), agropecuária (-491), administração pública (-141).

Brasil

O País terminou o ano passado tendo gerado ao todo 644.079 novas vagas de trabalho com carteira assinada. Foram 16,1 milhões de admissões e 15,5 milhões de demissões. Esse é o melhor desempenho do emprego formal em números absolutos desde 2013.

Com informações do O Povo.