quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Em Catarina, Agricultor dribla efeitos da seca e mantém pomar produzindo

Em uma área de um hectare na localidade de sítio Quandus, às margens da CE-371, na cidade de Catarina, saída para Acopiara, distante apenas 3 km da sede urbana, o produtor rural e técnico da secretaria de Agricultura, Abílio Nascimento, mantém um pomar produzindo frutas, verduras e legumes: coco, mamão papaia, goiaba, maracujá uva, caju precoce, tomate e hortaliças.

A produção é de base familiar e o agricultor conta com o trabalho da esposa, Josenilda Nascimento.

Abílio disse que todos os dias quando termina o seu expediente na Secretaria de Agricultura vai para o pomar e ao lado de sua esposa, trabalha na poda das parreiras e dos maracujazeiros, cuida da horta e faz a colheita dos frutos que são vendidos no comércio local. Muitos clientes compram os produtos diretamente no pomar, que fica ao lado da casa do casal.

O pomar é irrigado através de sistema de microaspersão por gotejamento, ligado diretamente de um poço profundo com vazão de pouco mais de 100 litros de água por hora.

O pomar do Abílio como é mais conhecido pela população local tem sido visitado por muita gente, principalmente por professores do ensino infantil que tem levado as crianças para um passeio e aprendizagem sobre a produção de frutas, verduras e hortaliças. Com informações do Diário do Nordeste.