sexta-feira, 31 de maio de 2019

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 55 milhões neste sábado

A Mega-Sena sorteia neste sábado (1º), o prêmio acumulado estimado em R$ 55 milhões. As seis dezenas do concurso 2.156 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Caminhão da Sorte, estacionado no Largo do Farol da Barra, na cidade de Salvador, na Bahia.

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio principal, caso aplicado na poupança, poderia render mais de R$ 204 mil por mês. Também, seria suficiente para adquirir 18 apartamentos, com carro na garagem.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Petrobras reduz gasolina em 7,1% e diesel em 6%

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (31),cortes de 7,1% no preço da gasolina e de 6% no preço do diesel. Os novos valores passam a vigorar em suas refinarias a partir deste sábado (1º).

O preço da gasolina cairá, em média, R$ 0,1399, passando a R$ 1,8144 por litro, o menor valor desde o dia 16 de março. É o segundo corte no preço da gasolina em uma semana. Na última sexta (24), a estatal já havia reduzido em 4,4% o valor de venda do combustível em suas refinarias.

O corte no preço do diesel será de R$ 0,1383, para R$ 2,1664 por litro. A estatal mantinha o valor inalterado desde 3 de maio, quando houve aumento de 2,5%. O presidente Jair Bolsonaro compartilhou a notícia no Twitter, desejando boa noite aos seus seguidores. 

Desde março, a Petrobras pratica prazos mínimos de 15 dias para reajustes no preço do diesel. Já a política de preços da gasolina prevê prazos máximos de 15 dias para alterações. 

Os cortes ocorrem em um momento de queda das cotações internacionais do petróleo. Nesta sexta, o barril do tipo Brent, negociado em Londres, caiu 3,31%, diante de temores sobre efeitos da guerra comercial na economia mundial. Em maio, o preço do petróleo Brent acumula queda de 11,4%.

Homem suspeito de abusar sexualmente da própria filha é preso em Quixeramobim

Um homem foi preso sob suspeita de estuprar a própria filha de 13 anos, no bairro Cohab, em Quixeramobim, na Região do Sertão Central, na última quinta-feira (30). O crime já era praticado há, pelo menos, um ano.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o Conselho Tutelar denunciou o crime cometido contra a adolescente para a Justiça, que decretou a prisão preventiva. 

O pai da garota já respondia a um outro crime de estupro, cometido em 2017 contra uma mulher, conforme o delegado Thiago Sampaio, da Delegacia Municipal de Quixeramobim. 

O homem chegou a ser preso, mas estava em liberdade. Com informações do Diário do Nordeste.

Prefeitura de Acopiara sempre buscando melhorar atendimento para marcação de exames

A Secretaria Municipal da Saúde de Acopiara neste dia 31 de Maio abriu a central de marcação para as várias especialidades médicas tanto na Policlínica Manoel Carlos de Gouveia em Iguatu, quanto para município de Acopiara.

O município tem oferecido à população várias consultas especializadas como urologia, endocrinologia, dermatologia, traumatologia, ginecologia, diversos exames como densitometria óssea, ressonância magnética, ultrassonografia, dentro outros.

O Prefeito Antônio Almeida e a secretária da Saúde Fábia Almeida preocupados com o bem estar da população tem ofertado lanche para os pacientes que procuram a Central de Marcação para marcar seus exames, visto que a maioria deles vem da zona rural e precisam de um bom acolhimento.

Prefeitura de Acopiara apresenta relatório em prol das crianças e adolescentes

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e dos Adolescentes (CMDCA), em parceria com o Núcleo da Cidadania dos Adolescentes (NUCA), Comissão Intersetorial do Selo Unicef e Prefeitura de Acopiara realizou na manhã desta última quinta-feira, 30, no auditório da Escola José Adonias, uma importante reunião para a apresentação do relatório sistêmico das atividades e ações realizadas no município em prol das crianças e adolescentes de 10 a 19 anos de idade, com o objetivo de garantir os seus direitos e melhorar a qualidade de vida da população acopiarense.

Na ocasião, foram apresentadas, também, o planejamento de atividades que serão realizadas no decorrer do ano e no próximo.

Os participantes assistiram um vídeo do prefeito Antônio Almeida Neto, que não pode estar presente ao evento, falando da importância de toda a população de Acopiara se unir e trabalhar junto para que o município se desenvolva cada vez mais, principalmente melhorando a vida das crianças e adolescentes.

Em seu discurso, a articuladora do Selo municipal, Rosa Almeida, destacou a importância dos trabalhos apresentados por cada comissão intersetorial e disse que o município vem melhorando os indicativos em diversas áreas, como educação, saúde, trânsito, meio ambiente, cultura, assistência social, etc, mas que precisam continuar trabalhando para melhorar a qualidade de vida das crianças e adolescentes, já que são critérios do Selo Unicef.

“Jenifer” foi a canção que mais arrecadou dinheiro no Carnaval de 2019, diz Ecad

Neste mês de maio, o Ecad distribuiu R$ 21 milhões em direitos autorais para mais de 14 mil artistas pelas músicas tocadas durante o carnaval. Apenas nos shows realizados no período, o crescimento no valor distribuído foi de mais de 30% em relação ao ano anterior.

Sucesso na voz do cantor Gabriel Diniz, falecido no auge de sua carreira, “Jenifer” encabeça a lista das canções que animaram os foliões de todo o Brasil. O top 5 do ranking das músicas mais tocadas é completado por “Atrasadinha”, “Eva”, “Parado no bailão” e “Ô bebê”. Com informações do Diário do Nordeste.

No Ceará, Quadra chuvosa termina com 18 açudes ainda em volume morto

No fim da quadra chuvosa de 2019, que compreende os meses de fevereiro, março, abril e maio, o Ceará ainda tem 18 de seus reservatórios com volume morto. O dado é da resenha diária divulgada pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

No entanto, o panorama é melhor do que no fim do mesmo período de 2018, quando o número foi 39% maior, com 25 reservatórios nesta situação. Nesta sexta-feira, 31, último dia da quadra, existem 42 açudes com volume acima de 90% e 29 sangrando.

O aporte registrado neste ano foi de 2,74 bilhões de metros cúbicos (m³), o maior desde 2011. Antes da quadra chuvosa, pelo menos 28 açudes estavam com volume morto no Estado. Outros 16 eram considerados secos. Apenas três reservatórios tinham 90% da capacidade preenchida: Cocó, Germinal e Jenipapo. No início de fevereiro, somente 10% da capacidade dos 155 reservatórios do Ceará estava preenchida. Atualmente, o volume adquirido chega a completar 21,47% da capacidade. Em 2018, a quadra acabou com 17% do volume total dos açudes.

Com as chuvas registradas nesta quadra, muitas das bacias hidrográficas monitoradas já receberam quantidade de precipitações maior do que o esperado para o ano inteiro. A bacia Coreaú, que tem 10 açudes, recebeu 1.393,6 milímetros em 2019. O acumulado é maior 34,9% do que a média anual. Também localizada na parte do estado que mais registrou chuvas, a bacia Litoral teve mais de 1.125 mm. No entanto, quatro bacias não atingiram a média histórica de chuvas, incluindo a do Médio Jaguaribe, onde é localizado o Castanhão, maior reservatório do Estado.

Dados consolidados sobre as consequências da quadra chuvosa e perspectivas para o restante do ano no Ceará serão divulgados na próxima semana, dia 5 de junho. 

De 7 horas de quinta-feira até o mesmo horário desta sexta-feira, 31, choveu em pelo menos 65 municípios. A maior precipitação foi no Crato, com 40 mm. 

A previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) para esta sexta-feira é de nebulosidade variável com possibilidade de chuvas no litoral. Com informações do O Povo.

Projeto de Gusttavo Lima não terá substituição de Gabriel Diniz em Fortaleza

O cantor Gabriel Diniz era uma das atrações da edição do “Buteco do Gusttavo Lima” em Fortaleza, no dia 8 de junho. A organização informou, nesta sexta-feira (31), que não haverá substituição do forrozeiro no evento.

“O artista que colecionou momentos históricos e tinha uma relação única com o público cearense é insubstituível e, por esse motivo, terá sua trajetória lembrada em momentos especiais no evento”, diz a nota da organização.

A programação do “Buteco” em Fortaleza não será comprometida porque haverá extensão no tempo dos shows de Gusttavo Lima e Jonas Esticado e também as apresentações de outras atrações que já estavam programadas para o evento. Com informações do Diário do Nordeste.

Conta de luz terá bandeira tarifária verde em junho

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou hoje (31), que a bandeira tarifária para junho de 2019 será a verde, sem cobrança extra nas contas de luz. Em maio, foi acionada a bandeira amarela, com acréscimo de R$ 1 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

A Aneel disse que, embora junho seja um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do país, “a previsão hidrológica para o mês superou as expectativas, indicando tendência de vazões acima da média histórica para o período” e que, por isso, o cenário foi favorável para a retirada da cobrança extra nas contas de luz.

O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico e o preço da energia. Segundo a agência, o cenário favorável reduziu o preço da energia para o seu patamar mínimo, o que “diminui os custos relacionados ao risco hidrológico e à geração de energia de fontes termelétricas”, possibilitando a manutenção dos níveis dos principais reservatórios próximos à referência atual.

Sistema

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias possui três cores: verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) que indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

No dia 21 de maio, a Aneel aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias. Com os novos valores, caso haja o acionamento da bandeira amarela, o acréscimo cobrado na conta passou de R$ 1 para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos. Já a bandeira vermelha patamar 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh e no patamar 2, passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos. A bandeira verde não tem cobrança extra.

Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.

De acordo com a agência reguladora, o reajuste no valor das bandeiras foi motivado pelo déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores das bandeiras. A agência disse que foi incorporada uma nova regra de acionamento que atualiza o perfil do risco hidrológico.

Com a nova regra, segundo a agência, o risco higrológico passa a refletir exclusivamente a distribuição uniforme da energia contratada nos meses do ano. “O efeito do GSF [sigla do inglês para risco hidrológico] a ser percebido pelos consumidores retratará com maior precisão a produção da energia hidrelétrica e a conjuntura energética do sistema”, disse a agência.

A Aneel disse ainda que a medida evitará que a conta da bandeira tarifária fique deficitária em 2019. Em 2018 o déficit foi de cerca de R$ 500 milhões.

Com informações da Agência Brasil.

Agnaldo Timóteo tem melhora e volta a respirar sem a ajuda de aparelhos

O cantor Agnaldo Timóteo, que está internado em Salvador desde o dia 21 de maio, saiu do coma induzido na noite de quinta-feira (30), segundo boletim médico do Hospital Roberto Santos, onde o artista está.

Ainda segundo a unidade médica, o cantor, que tem 82 anos, apresentou melhora clínica gradativa e, na tarde de hoje (31), volta a respirar sem ajuda de aparelhos. Agnaldo segue na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), sem previsão de alta.

AVC

No dia 20 de maio, Agnaldo Timóteo teve um mal-estar em um hotel na cidade de Barreiras, no oeste baiano, onde estava hospedado para fazer um show no município de Rita de Cássia. A apresentação foi cancelada por causa do estado clínico do artista.

No mesmo dia em que passou mal, Agnaldo Timóteo, que, inicialmente, foi levado para a Upa de Barreiras, foi transferido para o Hospital do Oeste, na mesma cidade. No dia seguinte, foi transferido para o Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, onde segue internado. Os médicos informaram que ele teve um acidente vascular cerebral (AVC).

Na terça-feira (28), oitavo dia de internação, o quadro clínico do cantor se agravou, após uma infecção urinária e outras complicações, e o cantor passou a respirar com a ajuda de aparelhos. Na manhã da última quarta-feira (29), um outro boletim apontou uma "discreta melhora" no quadro de saúde do cantor.

De acordo com o hospital, o artista tem respondido bem ao tratamento e evoluindo com melhoras. Com informações do Diário do Nordeste.

Justiça determina interdição de matadouro público de Icó

O matadouro público de Icó, na região Centro-Sul do Ceará, foi interditado pela Justiça Estadual, após pedido do Ministério Público do Ceará, representado pelo promotor de Justiça, Renato Magalhães de Melo.

Diante do pedido do MPCE, da comarca de Icó, o juiz de Direito, Ramon Aranha da Cruz, deferiu o pedido de liminar determinando a interdição do matadouro e abstenção do referido local para qualquer fim, o não cumprimento da decisão, caberá multa diária de 5.000,00.

Conforme apurado pela Promotoria, o Município mantinha o matadouro municipal funcionando sem atendimento às normas ambientais, consumeristas, de higiene e de saúde.

Foram constatadas irregularidades: inexistência ou inadequação de mesas para inspeção de vísceras e utensílios em inox para condução de produtos de origem animal, a ausência de câmara frigorífica e a não destinação adequada para os efluentes líquidos e sólidos, sendo estes lançados indevidamente no meio ambiente.

Outras deficiências técnicas são a falta de equipamento adequado para lavagem de meias carcaças, a ausência de esterilizadores, banheiro sem condições de uso e com localização inadequada, inexistência de dispositivos na rede sanitária que evitem refluxo de efluentes, falta de lavatórios adequados, área de matança não separada da área suja, abate cruel (marretadas).

“Da falta de condições mínimas de higiene e sanitárias do matadouro que, como visto, deixa de atender exigências legais, decorre a inexistência de qualquer tipo de fiscalização criteriosa quanto à sanidade dos animais abatidos, o que gera elevado risco de contaminação por inúmeras doenças, as temidas zoonoses, perigo que paira sobre toda a população desta cidade que consome a carne oriunda do matadouro em questão”, afirma o promotor de Justiça, Renato Magalhães de Melo.

Clandestino

O abatedouro já se encontrava embargado pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente do Estado do Ceará (Semace) desde 2011, e permanecia em pleno funcionamento, com aparente anuência dos gestores locais.

“Essa circunstância, inclusive, tem o condão de configurar inúmeras condutas delitivas, conforme analisado, de modo que as responsabilidades concorrentes dos agentes públicos hão de ser apuradas em procedimento próprio”, afirma o membro do MPCE. Com informações do Diário do Nordeste.

Polícia Civil realiza prisão em flagrante por posse irregular de armas de fogos e munições em Icó

A Polícia Civil do Estado do Ceará, por intermédio da Delegacia Regional de Icó, realizou apreensão de armas de fogos e munições, na localidade Sítio Santana, zona rural, no município.

A partir de informações recebidas pelas WhatsApp (88) 99.9627-0450 da Delegacia Regional de Icó de que um senhor possuía objetos ilícitos em sua residência e comércio, policiais civis, sob a coordenação do delegado George Alexandre, se dirigiram até o Sítio Santana e, após uma busca no local indicado, foram apreendidos uma espingarda calibre 12; sete munições intactas de mesmo calibre; bem como dois revólveres, ambos de calibre 38, e 25 munições intactas do mesmo calibre, todos encontrados no interior da residência.

Após identificação do proprietário do imóvel, a autoridade policial prendeu em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo e munições de uso permitido. Após pagamento de fiança, o suspeito foi libertado. A Polícia optou por não divulgar o nome do suspeito. Com informações do Diário do Nordeste.

Polícia Civil desencadeia ‘Operação Cellare’, apreende telefones e indicia 7 pessoas em Iguatu

As inspetoras da Polícia Civil de Iguatu, Patrícia Oliveira e Elis Alves, da Divisão de Crimes contra o Patrimônio em Iguatu, coordenadas pelo delegado regional Marcos Sandro Nazaré de Lira, desencadearam nesta semana, a ‘Operação Cellare’, com o objetivo de recuperar celulares extraviados.

Na ação, sete aparelhos de celulares de vítimas da região de Iguatu foram recuperados.

O delegado Marcos Sandro disse que diligências continuam visando recuperar outros aparelhos de origens ilícitas.

Pelo menos, até o momento, sete pessoas foram indiciadas pelo crime de receptação.

Alguns aparelhos já foram restituídos aos proprietários. O delegado Marcos Sandro alerta a população para que não adquiram produtos sem procedência e sem nota fiscal.

Os indiciados revelaram ao delegado Marcos Sandro que tinham conseguido os aparelhos em feirinhas da cidade a desconhecidos, sem nota fiscal, sem carregadores e sem nenhum acessório.

Wesley Safadão remarca dois shows do fim de semana em respeito a Gabriel Diniz

O cearense Wesley Safadão cancelou a agenda com apresentações do fim de semana. Ele teria show nesta sexta-feira (31), em Barra do Garças (MT). No sábado (1º), ele se apresentaria em Tangará da Serra (MT). Segundo a Luan Promoções, gestora de eventos do cantor, ele ainda está muito mal com a morte do amigo Gabriel Diniz.

“Pedimos desculpas aos fãs e admiradores do cantor, porém o mesmo não se encontra em condições emocionais para realizar sua apresentação diante dos fatos ocorridos com Gabriel Diniz nesta semana”, diz o comunicado da assessoria do cearense.

O cantor deve manter os shows da próxima semana.

Acidente

O cantor Gabriel Diniz, de 28 anos, morreu em um acidente com um avião de pequeno porte, na tarde desta segunda-feira (27), em Sergipe. O corpo do artista foi reconhecido por amigos dele que estiveram no local da queda.

O avião de pequeno porte com três pessoas a bordo caiu de bico em um mangue localizado no povoado Porto do Mato, em Estância. Parte da aeronave ficou soterrada no local, segundo o Corpo de Bombeiros. Antes da confirmação da morte, documentos do cantor, incluindo um passaporte, foram encontrados próximos aos destroços da aeronave. Com informações do Diário do Nordeste

PM da reserva reage a assalto e mata suspeito, em Fortaleza

Um policial militar da reserva reagiu a um assalto e atirou num suspeito, que morreu imediatamente, na manhã desta sexta-feira (31), no cruzamento da Rua Barão de Sobral com Avenida João Pessoa, no Bairro Demócrito Rocha, em Fortaleza.

O assaltante feriu o PM aposentado com uma faca. Um comparsa do suspeito morto conseguiu fugir.

Segundo testemunhas que presenciaram a ação, o sargento da reserva estava com a esposa quando foi surpreendido pelos dois homens armados com facas . Os homens anunciaram o assalto e um deles feriu o PM. O policial conseguiu pegar a arma e atirar no suspeito após ser rendido, quando o outro conseguiu escapar.

Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas para a ocorrência.

Com informações do Diário do Nordeste.

Receita investiga Aviões do Forró por sonegação de impostos

A Receita Federal investiga a A3 entretenimento, empresa responsável pela Banda Aviões do Forró, pela sonegação de R$ 50 milhões, entre os anos de 2014 e 2016. Documento obtido pelo Diário do Nordeste aponta inconformidades entre as transações bancárias realizadas pela empresa e o valor declarado à Receita Federal.

O documento da Receita Federal apresenta uma troca de e-mails entre as empresas A3 e Art Soluções, que pertencem ao mesmo grupo empresarial. E revela que os pagamentos de despesas da banda na época ultrapassavam os valores declarados a Receita.

"De 2014 a 2016, verificaram-se que há indícios de omissão quando comparamos as receitas declaradas à Receita Federal com os créditos em bancos registrados", diz o documento. O dossiê também menciona a convocação das empresas citadas e dos cantores Xand Avião e Solange Almeida para a prestar esclarecimentos.

"Fiscalizações têm sido abertas, com a notificações de todos os envolvidos, por meios legais, mas que está impedida de confirmar a veracidade das informações por ter o dever de preservar o sigilo de todos", afirmou a Receita em nota.

Segundo o órgão,"a divulgação de informações sobre o caso ocorrerá após o processo tornar-se público, ao final de decisão administrativa ou sentença judicial", conclui.

Desabafo

Solange Almeida, ex-cantora do Aviões, afirmou nas redes sociais na última quinta-feira (30),que o público "não tem ideia" do que ela passou quando era cantora da banda.

"Vocês não têm ideia de tudo que eu passei, mas uma hora vocês vão saber, porque eu, mais uma vez, pensei em sabe quem? Nos outros. Para não prejudicar famílias perfeitas, pessoas inidôneas, sinceras para o escândalo não ser bem maior do que o que está sendo", declarou.

A cantora não deixou claro se o desabafo tem ligação com a investigação da Receita Federal. Questionada pelo Diário do Nordeste, a assessoria da cantora não se manifestou sobre o caso.

Banda

A banda também se posicionou sobre o pedido de indenização da cantora à empresa, e pontuou que é uma negociação judicial que será resolvida diante dos diretos de cada parte.

Confira a nota completa da banda na íntegra:

A empresa Aviões do Forró esclarece por meio de nota que a "Ação de Prestação de Haveres" movida pela artista Solange Almeida é a via judicial adequada para a verificação e aferição de direitos e obrigações atribuíveis aos sócios que eventualmente se retiram das sociedades à qual integram.

Tal procedimento se encontra em fase de apresentação da contestação, onde serão fornecidos à justiça todos os documentos e elementos técnicos de suporte à definição de direitos e obrigações da sócia que se retirou, quer perante à sociedade, quer perante os sócios remanescentes.

O desfecho de tal procedimento depende de análises e definições periciais, por profissional indicado pela justiça. Sobre o procedimento fiscal deflagrado no ano de 2016, a empresa informa que já compareceu espontaneamente perante à autoridade fiscal e forneceu elementos contábeis necessários à aferição dos tributos devidos, tendo, inclusive, aderido ao REFIS - já consolidado, estando pagando pontual e regularmente tais obrigações. Com informações do Diário do Nordeste.

Dia do Desafio em Acopiara

O Dia do Desafio é celebrado anualmente na última quarta-feira do mês de maio. 

O principal objetivo desta data é motivar a população a prática de atividades físicas, seja para melhorar a saúde física como também a mental.

Nesta data, as comunidades de diferentes cidades do Brasil e toda a América Latina se reúnem para disputar, amistosamente, competições e desafios que estimulam o corpo.

A proposta é que cada pessoa faça qualquer tipo de exercício físico por pelo menos 15 minutos, fazendo desta ação um hábito diário.

Adélio ameaça matar Bolsonaro e Temer após sair da cadeia, diz juiz

O juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), enviou para os responsáveis pela segurança presidencial relato em que Adélio Bispo de Oliveira afirma que pretende matar o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o ex-presidente Michel Temer assim que conseguir liberdade.

Segundo o magistrado, Adélio disse a peritos que os dois fazem parte de uma conspiração para tomar o poder e riquezas do Brasil e entregá-las ao Fundo Monetário Internacional (FMI), à maçonaria e à máfia italiana.

Adélio tentou assassinar Bolsonaro com uma facada durante a campanha presidencial, em 6 de setembro do ano passado, na cidade de Juiz de Fora (MG).

A reportagem teve acesso à decisão do juiz sobre o caso. Ele conclui que o réu tem transtorno mental e é inimputável - incapaz de entender o caráter de crime que cometeu e, por isso, de responder por seus atos.

Savino decidiu enviar a documentação para o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) para "medidas que entendesse pertinentes", pois psicólogos e psicanalistas apontaram "alta periculosidade do réu".

Adélio está preso desde setembro. Ele passou por avaliações de psiquiatras oficiais e indicados pela defesa e pela acusação.

De acordo com trechos da peça judicial, Adélio afirmou que Bolsonaro fazia parte de uma "conspiração da maçonaria para tomar o poder e entregar as riquezas do país ao FMI, aos maçons e à máfia italiana".

O autor da facada disse ainda que, se eleito, o político mataria "os simpatizantes da esquerda, pobres, pretos, índios quilombolas e homossexuais para que as riquezas do Brasil ficassem apenas com os maçons" e citou uma entrevista em que Bolsonaro falava em "fuzilar petralhas" ou mandá-los para a Venezuela.

Para o juiz, as afirmações sobre matar Bolsonaro e Temer reforçam o diagnóstico de Adélio, demonstrando que ele pouco se importa com o fato de estar encarcerado e com eventuais consequências penais ou processuais de seus atos, o que faz parte de seu transtorno.


Savino diz em sua conclusão que os profissionais que atuaram no feito, tanto os peritos oficiais como os assistentes técnicos das partes, "foram uníssonos em concluir ser o réu portador de Transtorno Delirante Persistente".

Para tomar a decisão, o juiz traçou um perfil de Adélio, com base nas investigações e nos laudos médicos.

Dos pontos mais importantes, o magistrado destaca que a boa articulação do réu em depoimentos, em vez de afastar a possibilidade da doença, na verdade, confirma o diagnóstico, pelo "comportamento não extravagante ou estranho".

Adélio era visto como "totalmente isolado", não falava de seus amigos ou de familiares, de acordo com os trechos da peça judicial.

Ao todo, o autor da facada em Bolsonaro teve quase 40 empregos em cerca de 20 anos de carteira assinada, sendo que em vários lugares não chegou a trabalhar nem por mais de um mês.

Além de trocar muito de ocupação, o réu também se mudou diversas vezes de cidade, não criando vínculo por onde passou.

Ao longo do período de investigação da situação de Adélio, houve uma médica que apontou em laudo a possibilidade de que parte dos sintomas da doença fosse apenas uma simulação, o que foi refutado pelo juiz.

A profissional falava especificamente sobre as alucinações auditivas em que o autor da facada dizia ouvir a voz de de Deus, que lhe teria dado a missão de matar Bolsonaro e salvar o Brasil.

"Não se mostra crível que o réu tenha empreendido um complexo ardil que envolvesse a simulação de sintomas que correspondessem ao critério de diagnóstico para o Transtorno Delirante Persistente", escreveu Savino.

Um dos pontos citados pelo juiz para a formação de sua convicção é o de que nada foi achado nas buscas policiais indicando ter havido algum planejamento por parte dos advogados para tais simulações.

O magistrado destacou outro ponto que, em sua visão, corrobora o diagnóstico de Adélio.

"Interessante notar que mesmo durante o planejamento do atentado, conduta que poderia ser interpretada como um indicativo de sua plena capacidade de cognição e autodeterminação, o réu demonstrou encontrar-se totalmente enfurnado em sua realidade delirante".

Segundo a peça judicial, as imagens do celular do autor do atentado contra Bolsonaro comprovam a relação do réu com seus delírios. Ele tinha fotos que faziam referência, o tempo todo, à maçonaria.

"O réu entrelaça em sua certeza psicótica, a um só tempo, delírios místicos-religiosos, políticos-ideológicos, persecutórios e de referência para criar uma interpretação própria e totalmente distorcida da realidade".

Savino fala em sua decisão que teve dificuldades em encontrar profissionais para atuar no incidente de insanidade, entre outros motivos porque alguns alegaram suspeição, por vínculo profissional ou filiação partidária
.

Confira os resultados dos jogos da segunda rodada do Campeonato Acopiarense de Futsal

Na última quarta-feira, 29, aconteceu na quadra do Liceu de Acopiara, os jogos da segunda rodada do Campeonato Acopiarense de Futsal das equipes do Grupo A.


No primeiro jogo da noite, o time do MH Futsal venceu de goleada a equipe do Sítio Vaca com o placar de 7 a 2, ficando assim, no 2º lugar na tabela de classificação.

No segundo jogo da noite, a equipe da Nova Acopiara venceu por 3 a 2 o time Cafundó, ficando invicto em primeiro lugar na tabela de classificação, por ter vencido os jogos da primeira e segunda rodada do campeonato.

Wellington Paulista deve desfalcar o Fortaleza contra o Flamengo

O centroavante Wellington Paulista, que nos dois jogos da decisão da Copa do Nordeste, fez um gol em cada, dando o título ao Fortaleza, deverá desfalcar o time na partida deste sábado (1º), às 16 horas, contra o Flamengo, no Estádio Nilton Santos. O jogo será válido pela 7ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, sendo um dos grandes desafios do Leão na temporada.

Wellington Paulista deixou a partida final da Copa do Nordeste de 2019, aos 18 minutos do segundo tempo, sentindo fortes dores na panturrilha, incômodo já sentindo na temporada. Na ocasião, o atleta foi substituído pelo meia Dodô.

"Eu não sei ainda a gravidade da minha lesão, mas sei que é séria porque, pela experiência que tenho, sempre que sinto uma dor como essa, trata-se de algo mais sério. Vou fazer ainda um exame de imagem e vou pedir a Deus que seja pelo menos lesão de grau 1 porque eu ficaria de fora apenas 10 dias, mais ou menos", declarou o jogador.

O centroavante será um desfalque importante, que se junta ao atacante Edinho, também com lesão, mas no músculo adutor da coxa. Enquanto Wellington deverá ficar ausente da partida, outros ficam à disposição do treinador Rogério Ceni, como os atacantes Kieza, André Luís e o volante Juninho. A delegação, que permanece em João Pessoa até essa sexta-feira (31), viaja para o Rio de Janeiro por volta das 17h30.

Brasil teve queda significativa no número de fumantes, diz secretária

A Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, da Organização Mundial da Saúde (OMS), da qual o Brasil é signatário, contribuiu para acelerar a redução do número de fumantes, que já vinha ocorrendo no país em anos anteriores. A afirmação é da secretária executiva da Comissão Nacional para a implementação da Convenção, a médica Tânia Cavalcante, do Instituto Nacional do Câncer, no Dia Mundial sem Tabaco, comemorado hoje (31). A convenção é o primeiro tratado internacional de saúde pública com o objetivo conter a epidemia global do tabagismo

De acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), em 2017 a prevalência de fumantes era 10,1%, enquanto em 2006 atingiu 15,7%.

“O Brasil é um dos países que teve queda mais significativa na prevalência de fumantes. O último dado Vigitel de 2017 – ainda não foi lançado o de 2018 – mostra que a proporção de fumantes no Brasil era de 10% na população acima de 18 anos, o que é equivalente a 15 milhões ou 16 milhões de pessoas”, afirmou Tânia, em entrevista à Agência Brasil, acrescentando que esse não é um número desprezível porque tem impacto grande no sistema de saúde.

A convenção é um conjunto de leis, entre elas a de aumento de preços de impostos, a de restrição de vendas de cigarros a menores, de proibição de propaganda de cigarros e medidas educativas, como as campanhas de advertência sanitária nas embalagens do produto. O tratado foi ratificado pelo Congresso Nacional e promulgado pela Presidência da República em 2005.

“Entre 1989, quando tivemos o primeiro estudo, até 2008, que é pouco depois que o Brasil ratifica a convenção promulgada em 2005, a queda na prevalência de fumantes foi de 46%. No intervalo entre 2008 e 2013, esse índice foi de 20%. Em cinco anos, tivemos uma queda que foi quase a metade do que se alcançou nos 20 anos anteriores, quando a gente não tinha a convenção, mas algumas ações que já vinham colaborando para reduzir o tabagismo”, disse a médica.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), 80% dos tabagistas começam a fumar antes dos 18 anos. Para Tânia, a iniciação de fumantes também sofreu impacto com a redução do tabagismo no Brasil. Em 2009, 24% das crianças e adolescentes experimentavam cigarros, enquanto em 2015 eram 19%. “Ainda é um número alto, embora seja muito mais baixo que em outros países”, acrescentou.

A coordenadora disse ainda que a decisão do governo de aumentar os impostos sobre o cigarro influenciou o consumo da população de renda mais baixa e das faixas mais jovens. “Aqui no Brasil se comprova o que as pesquisas do Banco Mundial já mostravam, que essa é uma das medidas mais efetivas para reduzir o tabagismo, especialmente entre os jovens, na prevenção da iniciação e nas populações com menor renda e escolaridade. A convenção agrega valores ao que já vinha sendo feito no Brasil desde meados da década de 90”, observou.

Segundo a secretária, a Comissão Nacional para a implementação da Convenção tem integrantes de vários órgãos de 18 setores do governo, incluindo a Advocacia-Geral da União (AGU), que no último dia 21 entrou com uma ação na Justiça do Rio Grande do Sul pedindo o ressarcimento, pelas empresas produtoras de fumo, dos gastos públicos no tratamento de doenças causadas pelo tabagismo. A ação é decorrente do cumprimento do Artigo 19 da convenção, que trata da responsabilização civil pelos danos. A Receita Federal também tem acento na convenção para tratar das questões tributárias.

A médica lembrou que o Brasil também ratificou o protocolo relacionado ao Artigo 15 do tratado, que se refere à eliminação do mercado ilegal de cigarros.

“Esse protocolo já tem a adesão de mais de 50 países, e a cooperação internacional é o eixo mais importante, porque hoje o que está por trás do comércio ilegal é o crime organizado, a corrupção e a lavagem de dinheiro. Então, é preciso que haja cooperação dos órgãos que têm o poder no tema, que passa a ser de segurança pública, mas também de saúde pública. O cigarro contrabandeado é tema de saúde pública porque facilita a iniciação do tabagismo de crianças e adolescentes, pois é muito mais barato”.

De acordo com a pesquisa colaborativa, coordenada pelo Departamento de Avaliação de Tecnologias em Saúde e Economia da Saúde do Instituto de Educação e Ciências em Saúde (Iecs), 428 pessoas morrem por dia no Brasil em decorrência do tabagismo. Cerca de 12,6% de todas as mortes que ocorrem no país podem ser atribuídas ao consumo de cigarros. As mortes por doenças cardíacas respondem pela maior parte delas: 34,99 mil. Os dados são de 2015 e se referem a pessoas com mais de 35 anos.

Doenças

Entre as pessoas que adoecem por causas atribuídas ao tabagismo, as cardíacas atingem 477,47 mil. A pulmonar obstrutiva crônica vem em segundo lugar, com 378,59 mil casos, seguida de 121,15 mil com pneumonia, 59, 50 mil de acidente vascular cerebral, além de 73,5 mil diagnosticadas com câncer provocado pelo tabagismo. Desse total, 26,85 mil com câncer de pulmão.

Custos

A pesquisa mostrou ainda que as despesas médicas e a perda de produtividade atribuídas ao tabagismo alcançam R$ 56,9 bilhões, sendo R$ 39,4 bilhões de custos médicos diretos, o equivalente a 8% de todo o gasto com saúde e a R$ 17,5 bilhões em custos indiretos, em razão da morte prematura e da incapacidade.

Com informações da Agência Brasil.

Produtor rural tem até esta sexta-feira para ganhar isenção do ICMS na conta de energia

Termina nesta sexta-feira o prazo para os produtores rurais se recadastrarem junto à concessionária Enel Distribuição Ceará. Segundo a Secretaria da Fazenda do Estado, a medida é necessária para que o Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) não incida sobre a fatura de energia elétrica.

Até a última terça-feira, 429 mil produtores haviam se recadastrado, contra cerca de 175 mil que não realizaram a comprovação. De acordo com o Decreto n◦ 32.847, publicado em 31 de outubro de 2018, a data limite seria 30 de abril, mas houve a prorrogação Aqueles que não realizarem o recadastramento serão tributados pelo ICMS, podendo arcar com contas, pelo menos, 37% mais caras.

Confira os documentos necessários

Formulário, devidamente preenchido e assinado;

Registro ou cadastro do titular da unidade consumidora junto a secretarias, institutos, federações e sindicatos listados no formulário;

Pessoa física: apresentar também um documento oficial com foto e CPF;

Pessoa jurídica: apresentar também o cartão de CNPJ atualizado e o contrato, Estatuto Social e demais aditivos.

SERVIÇO

*Os documentos devem ser entregas nas lojas de atendimento da Enel.

Sem verba, obras do Cinturão das Águas são paralisadas

À medida em que os moradores de Fortaleza e Região Metropolitana continuam pagando a tarifa de contingência por conta da estiagem, as obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), que viabilizariam a chegada da vazão do Rio São Francisco ao Açude Castanhão, estão paralisadas.

Sem repasse de recursos federais e com a capacidade de investimento do Governo estadual comprometida por razões de aperto financeiro, o CAC era uma das saídas para amenizar a crise de água.


Operários do lote 3 do trecho 1 do Cinturão já receberam o aviso prévio de desligamento, e as três operações de crédito do Governo ainda não possibilitaram a conclusão do trecho localizado no Cariri. "A Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH) deve se reunir em breve com a Secretaria da Fazenda (Sefaz) para discutir o assunto (empréstimos) e tomar as decisões. Mas podemos adiantar que, em relação à Secretaria de Recursos Hídricos, a única operação de crédito refere-se à 1ª fase do Programa Malha D'água que será Banabuiú/Sertão Central", informou a SRH.

Com três trechos e seis ramais ao todo, as obras do CAC se arrastam desde 2013 e já custaram aos cofres públicos mais de R$ 1,2 bilhão.

Pai de bebê de seis meses morto em Pedra Branca é preso por crimes sexuais; surgiram mais vítimas

A equipe da Delegacia da Polícia Civil em Pedra Branca prendeu nesta última quinta-feira (30),o pai do bebê de seis meses que morreu no Hospital Municipal desta cidade no dia 6 de abril passado. 

O resultado do exame da suspeita de abuso sexual foi positivo, informou a delegada Anarda Pinheiro, à frente das investigações. Imediatamente ela solicitou a prisão preventiva dele, que é beneficiário do INSS em razão de um AVC, à Justiça. 

O caso ganhou repercussão na cidade e mais duas vítimas de abusos sexuais apareceram. “Ambas também são do sexo feminino. Uma delas é criança e a outra adulta, mas afirmou ter sido molestada por ele na infância”, ressaltou a delegada. 

Além dessa investigação ela mobiliza uma força tarefa na região para capturar José Pereira da Costa, vulgo “Zé do Valério“, ou “Emanoel”, autor do estupro e assassinato da universitária Danielle de Oliveira Silva, 20 anos. Com informações do Diário do Nordeste.

Morre cantor sertanejo Guilherme Palaia vítima de acidente de moto

O cantor sertanejo Guilherme Palaia Juliari, de 26 anos, morreu na manhã de quinta-feira, 30, em um acidente de moto na Rodovia Vereador Rubens Leme Asprino (SP-344), entre Aguaí e São João da Boa Vista, em São Paulo.

Segundo informações da Polícia Rodoviária, por volta das 11h30, Juliari dirigia a moto pela rodovia quando, no km 215, bateu na traseira de um caminhão, que estava parado na pista por causa de problemas mecânicos.

Juliari, nascido em São João da Boa Vista, morreu no local do acidente. Ele era casado, desde o final de 2018, com Jovana Balbino. Ainda não há informações sobre velório e enterro do cantor. 

Redes sociais. A morte do cantor causou comoção nas redes sociais. Dezenas de mensagens de amigos e parentes foram postadas no Facebook de Juliari.

“Outro dia, postei essa foto tomado de imensa alegria por esses dois amigos. Hoje, chocado e com profunda tristeza, ao saber da morte do Guilherme. Só a graça de Deus é que pode permitir consolação diante desse triste acontecimento. Que o Senhor lhe dê a paz e console sua jovem esposa e seus familiares”, postou o padre Ricardo Ramos.

“Hoje o dia é de luto aqui na Terra. Mais é de festa lá no céu. Mais um irmãozão vai morar junto de Deus. Sem palavras para descrever sua humildade irmão. Vai com Deus irmãozão”, postou um amigo.

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Moradores de Flamengo e São Paulinho fazem protesto e interditam CE entre Acopiara e Catarina

Moradores dos distritos de São Paulinho, em Acopiara, e do distrito de Flamengo, em Saboeiro, promoveram um protesto na manhã desta quinta-feira, 30, contra a precariedade da rodovia que liga as duas localidades à sede do município.

Os manifestantes interditaram a CE- 277, que liga os municípios de Acopiara a catarina, na região Centro-Sul cearense.

O motivo da interdição da via é cobrar do governo estadual a realização de obra de asfaltamento no trecho que é de terra. Essa é uma luta antiga dos moradores.

A cada período de chuva, a estrada fica mais precária e intransitável.

Entre São Paulinho, Flamengo e Saboeiro a estrada é de terra e está em condições muito ruim. Há muitos buracos, poeira no tempo seco, lameiro no tempo do inverno e prejuízo para todos nós”, disse o produtor rural, Marcos Félix.

A estrada de terra é um trecho da CE-371 que liga Acopiara a Saboeiro, passando pelos distritos de São Paulinho e Flamengo. E uma importante via para o escoamento da produção agrícola e para o comércio.

Antônio Derli Nogueira, presidente da Associação de Moradores do distrito de Flamengo, lembra que o governador Camilo Santana e lideranças políticas locais prometeram a construção da estrada. “O nosso protesto é para cobrar do governador essa obra que é necessária”, disse.

O comerciante, José Arnon Pereira, disse que há prejuízo para o setor porque os caminhões não querem fazer entrega de mercadorias com a estrada estragada e o frete fica mais caro.

A professora Andreia Carvalho participou do protesto e justificou. “Temos de exercer o nosso papel de cidadã, exigir os nossos direitos”, frisou.

O comerciante José Carlos lembrou que essa é a segunda manifestação que moradores realizam somente este ano.

Com o uso de tratores e de equipamentos agrícolas, os moradores interditaram a rodovia ao longo da manhã.

Os moradores esperam há mais de 50 anos pela chegada do asfalto.

Desde quarta-feira, ontem, máquinas começaram a trabalhar na estrada, fazendo serviço paliativo e de tapa-buracos nos trechos mais críticos. 

Com colaboração de Wandenberg Belém.

Em Olinda (PE), São João da Capitá não substituirá Gabriel Diniz na programação do evento

O “São João da Capitá” divulgou, nesta quinta-feira (30), que não vai substituir Gabriel Diniz na programação do evento, marcado para o próximo dia 8 de junho, na área externa do Classic Hall, em Olinda. GD, como era conhecido, morreu na última segunda-feira (27), em um acidente aéreo no povoado Porto do Mato, na cidade de Estância, região sul de Sergipe.

Em nota divulgada pelo evento, “o cantor sempre foi único epara toda a família do festival e, por essa razão, não poderíamos deixar de homenagear a trajetória de GD, que, por tantas vezes, abrilhantou a nossa festa com a sua alegria. Seu nome sempre estará presente em nossas memórias”.

O palco principal do São João da Capitá 2019 tem shows confirmados de Wesley Safadão, Henrique e Juliano, Márcia Fellipe, Magníficos e Saia Rodada. Com informações do Diário do Nordeste.

Receita Federal investiga banda Aviões por sonegação de R$ 50 milhões

A A3 Entretenimento, empresa responsável pela banda Aviões, é investigada pela Receita Federal por sonegar um total de R$ 50 milhões, entre 2014 e 2016. Documento obtido pelo G1 revela incompatibilidades entre transações bancárias feita pela empresa e o valor declarado à Receita Federal

“De 2014 a 2016, verificaram-se que há indícios de omissão quando comparamos as receitas declaradas à Receita Federal com os créditos em bancos registrados”, diz o documento.

O documento da Receita Federal revela uma troca de e-mails entre A3 e Art Soluções, duas marcas do mesmo grupo empresarial, com informações sobre pagamentos de despesas da banca na época, que excedem os valores declarados ao órgão federal.

O dossiê registra também a convocação das empresas envolvidas para prestar esclarecimentos, assim como os cantores Xand Avião e Solange Almeida.

A Receita Federal informou que as “fiscalizações têm sido abertas, com a notificações de todos os envolvidos, por meios legais, mas que está impedida de confirmar a veracidade das informações por ter o dever de preservar o sigilo de todos”, afirmou em nota.

“A divulgação de informações sobre o caso ocorrerá após o processo tornar-se público, ao final de decisão administrativa ou sentença judicial”, conclui.

Procurada pela reportagem, a Art Solução não se manifestou até a publicação desta matéria.

A banda Aviões afirmou por meio de nota que a empresa já compareceu espontaneamente à Justiça e forneceu “todas as informações necessárias para a averiguação da contabilidade da empresa”. Veja a nota na íntegra abaixo.

Desabafo de Solange Almeida
Nas redes sociais, a cantora Solange Almeida afirmou na tarde desta quinta (30) que o público “não tem ideia” do que ela passou quando era cantora da Aviões.

“Vocês não têm ideia de tudo que eu passei, mas uma hora vocês vão saber, porque eu, mais uma vez, pensei em sabe quem? Nos outros. Para não prejudicar famílias perfeitas, pessoas inidôneas, sinceras para o escândalo não ser bem maior do que o que está sendo”, declarou.

Ela não deixou claro se o desabafo tem relação com a investigação da Receita Federal. Questionada pelo G1, a assessoria da cantora não se manifestou sobre o caso. Nesta  última  quarta-feira (29), o G1 divulgou que Solange Almeida cobra R$ 5 milhões da banda Aviões na Justiça, correspondente a sua participação no grupo.

A banda também se posicionou sobre o pedido de indenização da Solange Almeida à empresa, e pontuou que é uma negociação judicial que será resolvida diante dos diretos de cada parte.

Veja nota completa da banda na íntegra:
A empresa Aviões do Forró esclarece por meio de nota que a “Ação de Prestação de Haveres” movida pela artista Solange Almeida é a via judicial adequada para a verificação e aferição de direitos e obrigações atribuíveis aos sócios que eventualmente se retiram das sociedades à qual integram.

Tal procedimento se encontra em fase de apresentação da contestação, onde serão fornecidos à justiça todos os documentos e elementos técnicos de suporte à definição de direitos e obrigações da sócia que se retirou, quer perante à sociedade, quer perante os sócios remanescentes.

O desfecho de tal procedimento depende de análises e definições periciais, por profissional indicado pela justiça. Sobre o procedimento fiscal deflagrado no ano de 2016, a empresa informa que já compareceu espontaneamente perante à autoridade fiscal e forneceu elementos contábeis necessários à aferição dos tributos devidos, tendo, inclusive, aderido ao REFIS – já consolidado, estando pagando pontual e regularmente tais obrigações.

Com informações do G1 Ceará.

Prefeito de Acopiara Antônio Almeida participa de reunião do Codessul

Nesta última quarta-feira (29),o prefeito de Acopiara Antônio Almeida Neto esteve participando da 4ª Reunião do Codessul em Solonópole, município vizinho e parceiro. 

Na pauta foram tratados mais uma vez o projeto de iluminação pública que querem implantar de forma consorciada, e ainda discutiram questões como a licença ambiental, a promoção de cursos de capacitação e a regularização fundiária urbana. 

Presentes também os prefeitos de Dep. Irapuan Pinheiro, Milhã, Mombaça, Piquet Carneiro, Senador Pompeu e Pedra Branca.

Márcia Fellipe, Solange Almeida e Wesley Safadão adiam lançamentos de clipes por luto a Gabriel Diniz

O forró ficará de luto por um bom tempo. O reflexo da morte deGabriel Diniz é visível nas redes sociais da maioria dos cantores de forro é sertanejo. Márcia Fellipe, Solange Almeida e Wesley Safadão adiaram lançamento de clipes que estavam agendados em respeito a GD.

Muito abalado com a perda do amigo, Wesley Safadão lançaria “Desencana”, clipe com MC Kekel, n nesta sexta-feira (31). no Instagram, o cearense informou que anunciará uma nova data em um outro momento.

Wesley Safadão gravou cenas do clipe no final de abril, em uma fábrica em São Paulo. Nas imagens, ele aparece com o visual todo repaginado, com tatuagem, sobrancelha raspada e cabelo pintado de azul.

A forrozeira Solange Almeida também anunciou adiamento do clipe “Manicure” na rede social. A produção audiovisual chegou a ganhar teaser, mas Sol tomou pela decisão de divulgar a nova música em outra ocasião.

Márcia Fellipe iria lançar um feat com o sertanejo Gusttavo Limanesta quarta-feira (29). A forrozeira também optou pelo adiamento. A assessoria da cantora informou que divulgará uma nova data nos próximos dias. Com informações do Diário do Nordeste.

"Cansei de ser saco de pancada", diz Solange Almeida sobre processo contra Aviões; assista

A cantora Solange Almeida postou uma série de vídeos explicando o processo aberto contra a banda Aviões. Nas publicações do stories do Instagram, a cantora conta que vem recebendo diversas críticas por ter aberto a ação contra o grupo, mas que está apenas lutando por direitos dela. Sol afirma que tentou negociar os valores da sociedade por diversas vezes, nos últimos dois anos, e poderia perder direitos se não entrasse na Justiça.

Nos vídeos, Solange revela todo o processo de saída da banda. Inicialmente, ela havia informado aos sócios do grupo que queria sair do Aviões em 2015. Na reunião, ela disse ainda que passaria mais dois anos nos palcos. No ano seguinte, em uma nova reunião, Sol foi informada que no dia 1º de setembro de 2017, aniversário do Aviões, o grupo de forró deixaria de existir. 

“Eu disse ok. Eu ia fazer o quê? Se os sócios que mandavam, eram os administradores, chegaram pra mim e disseram que eu só tinha dois meses para ficar? Eu ia contestar? Eu ia brigar? Não. Simplesmente fiquei na minha e, logo em seguida, fui convidada pelo Fantástico para dar uma nota e eles simplesmente não deixaram. Me colocaram dentro de um quarto, no Piauí, e pediram para fazer um vídeo com o Xand”.

Críticas

Durante o processo de fim da parceria, Solange Almeida conta que recebeu duras críticas. “Levei a culpa inteira, que eu era ingrata, que eu era escrota, porque eu queria ganhar dinheiro sozinha”, declarou. No vídeo, Sol conta que entrou com o processo pois "cansou de negociar sem ter nenhum êxito nos últimos dois anos". Segundo ela, foram vários encontros com direito a troca de abraços e vinhos. 

“Tomei essa decisão porque eu cansei de ser saco de pancada, de ser mais e mais prejudicada em pensar no bem-estar de A e B”. Ainda na publicação, Sol conta que, mesmo exigindo direitos do trabalho de 15 anos do grupo, ainda será julgada. “Você que está aí, que com certeza vai me julgar. É fácil engolir sapo, mas não queira provar nunca do pão que o diabo amassou”.

Aviões aguadará a Justiça 

Por meio de nota, o Aviões esclarece que a "Ação de Prestação de Haveres movida pela artista Solange Almeida é a via judicial adequada para a verificação e aferição de direitos e obrigações atribuíveis aos sócios que eventualmente se retiram das sociedades à qual integram".

"Tal procedimento se encontra em fase de apresentação da contestação, onde serão fornecidos à justiça todos os documentos e elementos técnicos de suporte à definição de direitos e obrigações da sócia que se retirou, quer perante à sociedade, quer perante os sócios remanescentes", diz a empresa no comunicado.

O grupo afirma ainda que o desfecho de tal procedimento depende de análises e definições periciais, por profissional indicado pela Justiça. "Sobre o procedimento fiscal deflagrado no ano de 2016, a empresa informa que já compareceu espontaneamente perante à autoridade fiscal e forneceu elementos contábeis necessários à aferição dos tributos devidos, tendo, inclusive, aderido ao REFIS - já consolidado, estando pagando pontual e regularmente tais obrigações". Com informações do Diário do Nordeste.