domingo, 30 de dezembro de 2018

Estudo aponta que duas canecas de cerveja são mais efetivas contra dor que analgésicos

Segundo um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Greenwich, em Londres, e publicado no periódico The Journal of Pain, beber duas canecas grandes de cerveja, cerca de 950 ml, pode ser um remédio mais efetivo contra a dor e o desconforto do que analgésicos como paracetamol.

Foram feitos mais de dezoito experimentos, com mais de 400 participantes, para se chegar a conclusão de que ao elevar o nível de álcool no sangue, em aproximadamente 0,08%, o corpo reduz em até 25% a intensidade da dor; número mais expressivo do que o promovido por remédios populares a base de paracetamol.

Os pesquisadores não conseguiram afirmar com clareza se o álcool reduz a sensação de dor porque afeta os receptores cerebrais ou se por simplesmente diminuir o nível de ansiedade, causando a impressão de que a dor não é tão grande.

Apesar do efeito benéfico no que se refere a dor, a intenção dos especialistas não é incentivar o aumento do consumo de bebidas alcoólicas, que traz diversos efeitos comprovadamente negativos à saúde, principalmente a longo prazo.
 
Em entrevista ao portal britânico The Sun, o principal autor da pesquisa, Trevor Thompson, afirma que se pudesse “desenvolver uma droga sem os prejudiciais efeitos colaterais [do álcool], teríamos algo potencialmente melhor do que existe atualmente”.