quarta-feira, 13 de junho de 2018

DPVAT pagou indenização a 378 mil pessoas em 10 anos no Ceará



Na última década, o número de indenizações pagas pelo Seguro DPVAT ultrapassou os 4,5 milhões de pagamentos no País. Somente no Ceará, de acordo com levantamento da Seguradora Líder, foram pagas 378.389 indenizações no período de 2008 a 2017. Apenas de janeiro a maio deste ano, o Estado soma 10.938 pessoas indenizadas por acidentes de trânsito.

Neste período de dez anos, chamam atenção os números da categoria invalidez permanente, que soma mais de 318 mil indenizados no Estado. Já por morte em decorrência do trânsito, 23.051 pessoas receberam o benefício.

Ainda em território cearense, de 2008 a 2018, as motos foram as responsáveis pela maior parte das indenizações pagas no Ceará: 334.335, o que corresponde a 86% dos indenizados pelo Seguro DPVAT. Somente este ano, 88% das 10.938 indenizações foram por acidentes com este modal.

A capital cearense também registrou salto no número de ressarcimentos. De acordo com o Boletim Estatístico Especial "Dez anos de Trânsito", divulgado no mês passado pela Líder, Fortaleza é a segunda capital brasileira e a primeira do Nordeste no número de indenizações, com 7.395 sinistros pagos.

Fortaleza teve, ainda, o segundo maior número de indenizações pagas por invalidez em 2017, com 6.370 sinistros pagos, saindo da oitava posição que ocupava em 2008, com 613 ressarcimentos.

Em todo o País, foram pagas mais de 198 mil indenizações por morte em decorrência de acidentes com ciclomotores, de 2008 a 2017, e 2,4 milhões por invalidez permanente. Com informações do Diário do Nordeste.