sábado, 31 de dezembro de 2016

PM aposentado atira e mata cachorrinho na frente dos donos em Quixadá; crueldade revoltou internautas

15781621_1832356873643626_1259489605451995513_n
“O pobre do cachorrinho morreu por simplesmente seguir seu instinto de latir”, diz a publicação do 4Patas.

O grupo 4Patas, composto por pessoas que atuam na proteção de animais abandonados na cidade de Quixadá, denunciou em sua página no Facebook, nesta sexta-feira, 30, um caso de crueldade que chocou os internautas.

O policial aposentado, que o grupo 4Patas identificou como Zé Aírton, morador da localidade de Pote Seco, neste município, atirou e matou um cachorrinho na frente dos seus donos.

De acordo com os denunciantes, o PM aposentado estava fazendo caminhada e passava na frente da residência onde moram os donos do cachorro. O animal latiu ao vê-lo passar, mas foi censurado por um dos donos. Porém, o bichinho se rendeu ao instinto natural e latiu novamente. Desta vez não encontrou piedade.

O grupo 4Patas afirma que o policial sacou imediatamente sua arma e atirou no cãozinho, matando-o na frente dos seus donos, incluindo uma senhora idosa de 87 anos e uma criança que, obviamente, ficaram chocados e atemorizados.

“O pobre do cachorrinho morreu por simplesmente seguir seu instinto de latir”, diz a publicação do 4Patas. “A família não quis prestar queixas”, explicaram.



Fonte Monólitos Post