sexta-feira, 29 de maio de 2015

Servidores públicos federais e municipais paralisam atividades em Iguatu

Carteiros paralisam atividades em Iguatu. Foto de Honório Barbosa
 Foto Honório Barbosa
                                                    
Servidores públicos federais na cidade de Iguatu, na região Centro-Sul do Ceará, aderiram à paralisação nacional nesta sexta-feira, dia 29. Funcionários dos Correios, da Agência da Previdência Social e do Instituto Federal de Educação (IFCE) suspenderam atendimento ao público. O movimento começou cedo, às 7 horas da manhã e se estende ao longo do dia. Na Agência da Previdência Social um grupo de funcionários vestiu preto em protesto e permaneceu na calçada da instituição, de braços cruzados. Não houve atendimento ao público. Todos aderiram ao dia de paralisação. Os atendimentos agendados para hoje fora transferidos para outra data. Os servidores do INSS reivindicam melhores condições de trabalho, implantação do Plano de Cargo e Carreira, regulamentação das 30 horas, reposição salarial, incorporação de gratificações, lotação de médico e realização de concurso público. CARTEIROS SEM TRABALHAR Os carteiros paralisaram atividades nesta sexta-feira, na agência dos Correios em Iguatu. O dia de luta foi marcado por protestos contra a falta de trabalhadores e a precariedade da agência. “Queremos melhores condições de trabalho e realização de concurso público”, disse Geraldo Rogério, delegado sindical. Em Iguatu há deficiência de 12 carteiros. “Precisamos de 22 e só temos dez”, disse Rogério. “O serviço de entrega de cartas está atrasado”. Segunda-feira próxima serão contratados seis carteiros terceirizados. “Isso é atividade fim e fere a legislação”, frisou Rogério.

ASSEMBLEIA
No auditório da CDL de Iguatu servidores públicos municipais estão reunidos em Assembleia Geral para decidir sobre o início de uma greve geral da categoria. O funcionalismo público reivindica atualização do PCCS, pagamento de insalubridade e reposição salarial.

Servidores do INSS em Iguatu aderiram à luta nacional. foto de Honório Barbosa
    foto Honório Barbosa
         

Fonte Diário Central Sul, Diário do Nordeste